RCB/TuneIn
Domingo, 22 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MESQUITA NUNES DIZ QUE É UMA “ESPÉCIE DE NEGÓCIO”
Rádio Cova da Beira
Câmara da Covilhã aprovou contrato de arrendamento com a Parkurbis, no valor global de 525.876 euros, distribuídos por um período de cinco anos. O montante destina-se a pagar o aluguer de cerca de 700 m2 onde está instalado o Centro de Contacto da Randstad Altice. Adolfo Mesquita Nunes chama-lhe “espécie de negócio”.
Por Paula Brito em 06 de Sep de 2019

O vereador do CDS-PP votou contra, por não encontrar fundamento para o que chamou de “espécie de negócio consigo mesmo e que mais parece uma forma de financiar ou injectar dinheiro na Parkurbis, para além daquilo que é a titularidade que a câmara tem no mesmo. Da documentação não consta a necessidade de fazermos este arrendamento, de o fazermos na Parkurbis e por este preço. Tenho as maiores dúvidas sobre esta matéria.”

Vítor Pereira admite que é um negócio, na medida em que existe um contrato de arrendamento, e justifica o pagamento dos valores em causa.

“Estamos a pagar o preço médio em vigor para a utilização do espaço no Parkurbis. O valor é o que pagam as outras empresas, estamos a falar é de 709 metros quadrados, por isso é que o valor é mais elevado.”  

Um valor que, segundo o presidente da câmara da Covilhã fica sempre dentro do “perímetro público”.     


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados