RCB/TuneIn
Domingo, 22 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
CMCB E CLUBES ASSINAM PROTOCOLO
Rádio Cova da Beira
Um protocolo que pretende refor√ßar a pr√°tica do futebol na cidade de Castelo Branco. Foi desta forma que o presidente da c√Ęmara municipal classificou o acordo assinado entre o munic√≠pio, o Benfica e Castelo Branco, a associa√ß√£o do Bairro do Valongo e o desportivo de Castelo Branco e que tem como grande objectivo fomentar uma maior articula√ß√£o entre os clubes.
Por Nuno Miguel em 04 de Sep de 2019
Na cerimónia de assinatura deste protocolo, Luís Correia referiu que todos os clubes podem retirar dividendos do acordo agora estabelecido “com este acordo os atletas, se assim o desejaram, podem transitar de um clube para outro mas ficaram sempre a pertencer ao clube que mais nos diz que é o nosso concelho. Para nós mais do que a competição, a formação é o mais importante e a assinatura deste acordo é mais um passo que damos nesse sentido para formar os nossos jovens”.  
Com o acordo agora estabelecido, os clubes passam a criar um maior intercâmbio entre os jogadores, nomeadamente nas formações que disputaram os campeonatos nacionais nos diferentes escalões de formação. Luís Caiola, presidente do Desportivo de Castelo Branco, sublinha que este protocolo “é inovador uma vez que os atletas vão poder ser enquadrados em todos os clubes da cidade e a nossa ambição é que os melhores possam estar todos na mesma equipa de um qualquer escalão nos campeonatos nacionais. Sabemos que há duas divisões, vamos começar por baixo mas temos de ser ambiciosos para chegar mais alto e podermos ser mais fortes”.  
Já o presidente da direcção do Benfica e Castelo Branco, sublinha que apesar do reforço da ligação entre os clubes, cada um vai manter a sua identidade própria. Jorge Neves afirma que a formalização deste acordo vem corporizar uma ideia pensada pelos clubes já há algum tempo “era uma ideia que estava a germinar há algum tempo entre os três clubes e agora reuniram-se as condições para poder existir uma colaboração mais estreita entre todos. È evidente que os clubes não vão acabar, cada um vai manter a sua identidade própria, lutar pelas suas cores mas há acima de tudo uma cidade que nos deve unir a todos”.   
António Roseiro, presidente da associação do Bairro do Valongo, sublinha que cabe agora a todos os clubes envolverem-se de forma activa nesta parceria “o facto de ser possível assinar este protocolo revela o entendimento que os três clubes mostraram em relação a este assunto. Cabe-nos agora a todos nós clubes, aos seus dirigentes, coordenadores e atletas envolver-nos de forma activa neste projecto porque ele será bom para a cidade e para o futebol”.   
Um protocolo de colaboração entre os clubes da cidade de Castelo Branco com escalões de formação ao nível do futebol de 11 que vai entrar em vigor a partir da temporada de 2020/2021. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados