RCB/TuneIn
Domingo, 22 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
CONSOLIDAR O TRABALHO DA ÚLTIMA ÉPOCA
Rádio Cova da Beira
É este o grande objectivo com que a equipa da união desportiva de Belmonte parte para a nova temporada desportiva em que vai voltar a participar nas competições organizadas pela associação de futebol de Castelo Branco na categoria de séniores masculinos.
Por Nuno Miguel em 02 de Sep de 2019
Em declarações à RCB, o técnico da formação belmontense refere que o plantel vai manter a estrutura principal que foi construída na última temporada e procurar atingir o melhor lugar mas sem pensar em objectivos de subida “penso que este ano vamos ter um campeonato ainda mais forte no que toca às equipas de topo mas conseguimos criar uma base que transitou da época passada para esta. Ficámos com 12 jogadores da época passada mas sem objectivos de lutar por títulos porque essa guerra não é nossa. Há equipas que apostam muito forte, com treinadores profissionais e jogadores estrangeiros e isso para o Belmonte é algo completamente impensável”.   
Para além de 12 atletas que transitam da temporada anterior, o plantel vai ser reforçado com a integração de seis atletas da anterior equipa de juniores e ainda com a incorporação de cinco novos elementos “temos três elementos que chegam da Atalaia, o Bruno Carrilho que é guarda-redes e que no ano passado tinha feito a pré época connosco e ainda o Gonçalo que é um lateral esquerdo e o Tiago Serra que é médio e são dois jogadores já com muita experiência ao nível do campeonato distrital. Temos ainda o Ricardo Quelhas que recrutámos ao futsal e recuperámos o Bruno Pereira que esteve dois anos sem jogar por motivos profissionais e que este ano também vai integrar o nosso plantel”.  
O plantel está praticamente fechado mas João Alves não esconde que gostaria de contar com pelo menos mais uma opção para a frente de ataque “não temos um jogador com características de um ponta de lança. Temos avançados mas falta-nos um jogador com essas características. Sabemos que são jogadores que é preciso ter dinheiro para os contratar e nós não o temos. De qualquer forma se surgir alguma oportunidade vamos procurar aproveitá-la porque temos as portas abertas para toda a gente”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados