RCB/TuneIn
Segunda, 22 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
ATALAIA BATE OLEIROS POR 2-0
A Atalaia bateu o Oleiros por 2 bolas sem resposta. Um desafio que os comandados de Paulo Serra venceram com inteira justi?a. Tiveram maior dominio territorial, e dispuseram das melhores oportunidades de golo.
Por Rui Fazenda em 24 de Feb de 2008
Aos 12' o ataque da Atalaia coloca a bola nas costas da defensiva Oleirense e Ednilson, que me pareceu ter partido de posição irregular, na cara  de João Luís fez o tento inaugural da partida. Empolgada com este golo a formação da casa voltou à carga ao minuto 19, mais uma vez por Ednilson que aproveitou um desentendimento entre os defensores e o guarda-redes do Oleiros, para desviar de cabeça, com a bola a sair ligeiramente ao lado do poste.O jogo, estava então a ser jogado a bom ritmo, até que ao minuto 24, Ricardo Alexandre considerou que Spranger, terá jogado a bola com a mão no interior da sua área. De imediato assinalou a marca de grande penalidade. Cunha, na marcação permitiu a defesa a Hugo Pereira. O Oleiros desperdiçou assim a única oportunidade que teve ao longo do desafio.Para a segunda parte, surgiu um Oleiros mais compacto, que conseguiu nos primeiros minutos encostar a Atalaia ao seu último reduto. Mas a formação de José Ramalho, tinha nesta fase domínio territorial, mas não criava lances de perigo. Ao minuto 56, a Atalaia deu o "Xeque-Mate" ao jogo, através de David Nogueira que surgiu solto ao 2º poste a fazer o 2-0 para os homens da casa.Este golo, catapultou a Atalaia, para uma 2ª Parte de bom nível, que até ao final do jogo desperdiçou 5 boas ocasiões para dilatar a vantagem.Aos 62 minutos, Hélder Morais tem um bom lance na esquerda, entrou na área e junto à linha final, deu a bola de bandeja a Ednilson, que encheu o pé, levando a bola à barra da baliza de João Luís. Ao minuto 74, Carvalheira conseguiu esgueirar-se na direita, endossou a bola a David Nogueira que em posição frontal atirou por cima. Brito, ao minuto 79, desviou de cabeça um cruzamento na esquerda, levando a bola a sair ligeiramente ao lado da baliza Oleirense. O mesmo Brito ao minuto 84, numa iniciativa individual, rematou de ângulo difícil, valendo ao Oleiros a boa intervenção de João Luís que defendeu com o pé. E ao minuto 90, Luizinho, na esquerda do ataque da Atalaia, encheu o pé, e levou a bola mais uma vez a bater com estrondo na barra da baliza do Oleiros.

Ricardo Alexandre, o árbitro deste desafio realizou um trabalho de bom nível, ficando apenas a dúvida da legalidade do primeiro golo da Atalaia.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados