RCB/TuneIn
Segunda, 23 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
ALMA AZUL LANÇA LIVRO 100% RECICLADO
Rádio Cova da Beira
Inserido nas comemorações dos 20 anos, a Alma Azul lançou, no Alcaide, o livro “O guardador de rebanhos” de Alberto Caeiro, em papel reciclado, da primeira à última página, incluindo a capa. Uma espécie de manifesto da editora para os próximos 20.
Por Paula Brito em 21 de Aug de 2019

“Estas atitudes podem ser simbólicas, mas reflectem a nossa postura social e aquilo que queremos fazer cada vez mais, que é uma educação cívica e ambiental. Esta colecção de clássicos e todos os que forem apenas um projecto Alma Azul, serão sempre em papel reciclado.”

 

Com o lançamento do livro “Guardador de rebanhos”, de Alberto Caeiro, heterónimo de Fernando Pessoa, durante as comemorações do seu vigésimo aniversário, a Alma Azul está também a dar um sinal para o futuro.

“Porque ele encerra toda uma mensagem que nós achamos que é muito futurista, que é muito Séc. XXI, que é o regresso à natureza, é o olharmos para as coisas. A poesia não é mais do que isso, é olhar melhor para tudo o que nos rodeia, e o “Guardador de rebanhos” é, desde a primeira à última página, tudo isso.”

A sessão que teve lugar no Alcaide, aldeia do concelho do Fundão, foi inserida no projecto “Em nome da Beira” que a Alma Azul desenvolve desde 2009.

“É um projecto nuclear, a possibilidade dos nossos produtos culturais, a nossa ancestralidade, o nosso modo de viver, as nossas tradições, na relação entre o passado, o presente e o futuro. É sobretudo uma ideias de que, quanto mais local mais cosmopolita.”

Elsa Ligeiro, fundadora da Alma Azul, a editora e promotora de eventos culturais que está a comemorar 20 anos.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados