RCB/TuneIn
Domingo, 20 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PÊSSEGO EM DESTAQUE NA COVILHÃ
Rádio Cova da Beira
Pelo quarto ano consecutivo, o mercado municipal da Covilhã teve uma manhã inteiramente dedicada à promoção do pêssego. Um fruto que tem vindo a assumir cada vez maior importância na dinamização económica do concelho, representando anualmente cerca de 45 por cento da produção registada em toda a Cova da Beira.
Por Nuno Miguel em 30 de Jul de 2019
No final de uma visita ao certame, a vereadora na autarquia covilhanense sublinha que a realização deste tipo de actividades é fundamental para que esse valor possa continuar a crescer ao longo dos próximos anos “este tipo de eventos, que passam por ligar os produtores e levá-los a expor e a vender o seu produto num espaço comum e que quer potenciar essa produção é algo que queremos estimular cada vez mais”
Em declarações à RCB, Regina Gouveia deixou ainda a garantia de que a autarquia pretende retomar, em 2020, a realização do concurso dedicado ao melhor bolo de pêssego do concelho da Covilhã “foi uma actividade importante, que envolveu a comunidade, e que se vai reeditar no próximo ano embora em moldes um pouco diferentes. Queremos ampliar mais esse conceito e ter outras propostas para além do bolo de pêssego. É um projecto em que estamos a trabalhar e que oportunamente vamos apresentar aos covilhanenses”.  
A autarca sublinha que ainda muito pode ser feito em torno da afirmação do pêssego da Covilhã mas para isso é necessário existir um entendimento cada vez maior entre os produtores e as empresas de comercialização “aquilo que nos falta é congregar mais esforços, desde os produtores aos empresários sem esquecer outros agentes que podem também colocar o pêssego até num espaço de animação turística e ligado a outros eventos. É óbvio que uma estratégia que pretende ter um impacto de maior dimensão tem de implicar esforços ao nível do investimento em marketing e comunicação e isso só se pode fazer com a junção de contributos de mais agentes”.    
A possibilidade de criar um certame específico para a promoção do pêssego, tal como já existe o festival da cereja no Ferro, é uma hipótese que está a ser avaliada e Regina Gouveia refere que essa aposta pode ser concretizada no âmbito da feira agrícola e comercial de Orjais, que tem lugar no mês de Agosto “se quisermos desenvolver esse tipo de certame devemos pegar numa iniciativa como é o caso da feira de Orjais, que já está ancorada num território que é uma referência na produção de pêssego e já tem público. O que estamos é a pensar em ampliá-lo. Mas para além disso é necessário também pensar em estratégias que não tem de acontecer na freguesia nem na cidade mas sim noutros pontos do país”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados