RCB/TuneIn
Quinta, 22 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COVILHÃ PROCURA GUARDIÕES DO BRINCAR
Rádio Cova da Beira
O projecto "Brincar na rua" está a recrutar, até 9 de Agosto, guardiões do brincar na Covilhã. Na prática, procuram-se voluntários que vão dar oportunidade a um grupo de crianças brincar na rua em segurança.
Por Paula Brito em 25 de Jul de 2019

O projecto nasceu em Leiria, em 2016 e depois de ter passado por Pombal, Torres Vedras e Lisboa, chega agora à Beira Interior com mesmo objectivo.

"O objectivo é a criação dos grupos comunitários de brincar, juntando crianças, no máximo 15, que residem no mesmo bairro ou frequentam a mesma escola, e que se juntam num determinado local da cidade, avaliada por nós, e que se reúnem, pelo menos uma vez por semana, durante duas horas, sendo acompanhadas pelas pessoas que chamamos de guardiões do brincar."

Francisco Lontro é o coordenador do programa “Brincar na rua” que nasceu de um grupo ligado à educação e à saúde, com o objectivo de combater dois problemas identificados por estes profissionais: a obesidade infantil e a perda de autonomia das crianças, que precisam de espaço ao ar livre e tempo para brincarem.

"Os adultos estão a começar a perceber que esse tempo é essencial para o seu desenvolvimento, ter um espaço que possam ser eles a procurar, a explorar, a criar."

Assim nasceu o programa “Brincar na rua” que chega agora à Covilhã. A fase é de recrutar guardiões do brincar. Tudo começa on line. Quem estiver interessado deve ir ao sítio www.brincarnarua.pt e a partir da inscrição é despoletado todo o processo na procura de um guardião de rua que tem que obedecer a alguns requisitos.

"Não tem que ter nenhuma formação específica, tem que ter disponibilidade de tempo, duas horas que podem não ser todas as semanas, depende do grupo de guardiões que se formar, mas sobretudo têm que ter disponibilidade mental para estar com crianças e serem guardiões da brincadeira."

O projecto, promovido pela Ludotempo - Associação para a promoção do brincar, é co-financiado pelo Portugal Inovação Social e UEFA Foudation for children. O programa brincar de rua proporcionou, no ano lectivo passado, 17.902 horas de brincadeira ao ar livre a crianças de vários locais do país e para isso contou com a ajuda de 95 guardiões.   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados