RCB/TuneIn
Quarta, 23 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ANO DE VINDIMA FARTA
Rádio Cova da Beira
√Č certo que at√© ao lavar dos cestos √© vindima, mas este ano ser√° melhor que o anterior, em termos de qualidade e quantidade. O presidente a Comiss√£o Vitivin√≠cola da Beira Interior estima uma campanha pr√≥xima dos 25 milh√Ķes de quilos de uva, mais 30% que no ano passado.
Por Paula Brito em 25 de Jul de 2019

"Neste momento é um facto, comparar este com o do ano passado nesta altura, não tem nada a ver, no geral há muito mais uvas. Ainda podem vir trovoadas, mas as trovoadas são muito localizadas, onde atingem estragam mesmo, mas ninguém está à espera de uma trovoada em toda a Beira Interior, portanto, à partida quer em termos de qualidade, quer de quantidade, o ano vai ser muito melhor do que o anterior."

Rodolfo Queirós, em entrevista ao programa Flagrante Directo da RCB, diz que ainda haverá factores a ter em conta mas que não vão alterar substancialmente este aumento da produção em relação ao ano passado.

"Ainda há dias falei com o presidente da adega de Figueira e me disse que no ano passado recebeu cerca de 2,5 milhões, este ano está à espera de 5,5, mais do dobro, mesmo aqui no Fundão estão à espera de mais 30 ou 40% que no ano passado."

No concelho maior produtor de vinhos da região, Pinhel, as perspectivas apontam para uma campanha de 15,5 milhões de quilos, mais de metade da produção de toda a Beira Interior.

A exportação tem também uma grande margem de crescimento. Actualmente a região exporta cerca de 24% dos vinhos que produz, mas o objectivo é duplicar esta percentagem.

"Temos um potencial enorme e queremos subir muito esse valor, porque em Portugal o mercado não está a crescer, nós para vendermos uma garrada de vinho da Beira Interior outra região deixou de a vender, por isso temos que por os ovos em várias cestas. Para ter uma ideia, nós vendemos à volta de 4 milhões e garrafas de vinhos certificados e podíamos vender 15 ou 20, temos aqui um potencial enorme de crescimento."

Na Beira Interior existem 15 mil hectares de vinha. Segundo Rodolfo Queirós, o sector está em crescimento, com o pedido de plantação de mais 150 hectares de vinha, distribuídos um pouco por toda a região.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados