RCB/TuneIn
Domingo, 18 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
“UM POVO SEM HISTÓRIA É UM POVO SEM ALMA”
Rádio Cova da Beira
Foi a principal razão que levou José Travassos a escrever o livro sobre a toponímia do Fundão. A obra, reeditada pela câmara do Fundão, conta as histórias dos nomes das ruas e com elas, se vai contando a história da cidade.
Por Paula Brito em 16 de Jul de 2019

Outras da categoria:

“O livro é para consultar quando alguém quiser estudar a toponímia do Fundão. Agradece-se a atenção que a vila e a cidade mereceram ao autor, a divulgação do conhecimento sobre temas e histórias interessantíssimas que estas ruas contam. Às vezes são impressões pessoais, reflexões de um fundanense apaixonado pela terra natal, porque a toponímia lembra uns, esquece outros, mas com tudo isto se faz a história de uma terra”.

Referiu a historiadora e escritora Antonieta Garcia na reedição do livro sobre a toponímia do Fundão, de José Salvado Travassos, assinalada, no último fim-de-semana, na biblioteca municipal Eugénio de Andrade.

Além de uma homenagem ao investigador, o presidente do município, Paulo Fernandes, entende que esta reedição é também uma oportunidade para o Fundão reflectir sobre o tema.

“Gostava que o livro nos ajudasse sobre esta reflexão. Temos no Fundão uma comissão toponímia e o que nós queremos é mais participação, chegarem mais propostas, por o Fundão a discuti-las.”

E porque decidiu José Salvado Travassos escrever um livro sobre o nome das ruas do Fundão?

“Não há ninguém que não conheça a sua rua, foi ali que viveu a sua infância, e a história são as memórias inseridas no tempo. Um povo sem história é um povo sem alma.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados