RCB/TuneIn
Domingo, 08 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ZONAS DE CA?A SEM AUTORIZA??O
O presidente da direc??o da adega cooperativa do Fund?o critica a cria??o de zonas de ca?a sem autoriza??o dos propriet?rios dos terrenos. Albertino Nunes tem recebido v?rias queixas de associados a denunciar a situa??o.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito em 19 de Feb de 2008
“Entendo que é um abuso”. A afirmação do presidente da adega do cooperativa do Fundão, que contesta a ocupação “ilegal” dos terrenos de agricultores que “ainda por cima cobram dividendos a caçadores sem passar recibo. Na prática é uma fraude que deve ser averiguada” acrescente Albertino Nunes. Na denúncia efectuada em entrevista ao programa RCB “ Flagrante Directo”, aquele responsável lamenta também que a direcção geral da agricultura e a federação de caça e pesca da Beira Interior apoiem a criação de zonas de caça “de forma anárquica”. Para agravar a situação o presidente da direcção da adega cooperativa do Fundão lastima que nas zonas fora das reservas não seja permitida a prática da caça “nas reservas abrem a caça e o terreno livre não tem direito, e isto deve-se à federação de caça e pesca da Beira Interior”. Contactado pela RCB João Carlos Lourenço, presidente da federação, partilha do lamento de Albertino Nunes em relação à criação de zonas de caça sem autorização dos proprietários, mas recorda que os agricultores têm um ano para reclamar a partir do momento em que a criação da zona de caça é publicada em Diário da República. Quanto à proibição de caça em zona livre segundo o ministério da agricultura será totalmente proibida a partir do próximo ano.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados