RCB/TuneIn
Sábado, 21 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
GABINETE AINDA SEM MÉDICO
Rádio Cova da Beira
A secretária de estado da saúde deslocou-se a Castelo Branco para inaugurar o primeiro gabinete de saúde oral do centro de saúde de São Tiago. No entanto a cerimónia acabou por não se realizar uma vez que a contratação do médico dentista e do assistente ainda se encontra em fase de selecção.
Por Nuno Miguel em 10 de Jul de 2019
Face a esta situação, Raquel Duarte apenas realizou uma visita às instalações desta unidade, onde referiu que a melhoria das condições de saúde oral dos portugueses são um dos objectivos que a tutela pretende concretizar “os objectivos do governo é que a nossa população tenha cada vez melhor saúde e a saúde oral está perfeitamente integrada dentro desse objectivo. Ela é extremamente importante não só em termos sociais mas também ao nível da alimentação. E aquilo que nós percebemos, de acordo com dados nacionais, é que a saúde oral particularmente nas pessoas mais idosas é má. Temos 14 por cento da população com mais de 65 anos que é desdentada total e isso é algo que tem repercussões muito sérias”.    
O espaço foi criado pela unidade local de saúde de Castelo Branco, que vai permitir, juntamente com o gabinete do centro de saúde de São Miguel, que os utentes tenham ao seu dispor médico dentista todos os dias da semana, em horário completo, como refere o presidente do conselho de administração da ULS, António Vieira Pires “com a criação deste gabinete vamos ter um médico dentista aqui em São Tiago e também em São Miguel. As consultas vão funcionar em dias diferentes por forma a que haja médico dentista todos os dias nos dois centros de saúde para qualquer utente que seja referenciado pelo seu médico de família. Aquilo que ambicionámos é que o médico que vier a ser contratado possa fazer 20 horas em São Miguel e outras 20 horas aqui e dessa forma ficamos com uma cobertura total”.
Para além dos dois gabinetes em Castelo Branco, Vieira Pires, revelou que a ULS pretende abrir espaços de saúde oral nos centros de saúde em Proença-a-Nova, Sertã, Idanha-a-Nova e Penamacor. Para já a estrutura albicastrense está pronta a funcionar. Falta apenas que seja recrutado o médico dentista e o assistente para poder entrar em funcionamento.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados