RCB/TuneIn
Quinta, 04 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PROBLEMAS DE FUNDO Nテグ Sテグ RESOLVIDOS
Rádio Cova da Beira
O presidente da cテ「mara municipal de Manteigas defende que os municテュpios テ volta do maciテァo central deviam ter um papel mais activo na gestテ」o do parque natural da Serra da Estrela. Apesar de jテ。 ter sido aprovada a nova lei orgテ「nica do instituto de conservaテァテ」o da natureza e das florestas, Esmeraldo Carvalhinho considera que o documento nテ」o resolve os problemas de fundo que preocupam aquela テ。rea protegida.
Por Nuno Miguel em 30 de Jun de 2019

Outras da categoria:

“A nova lei orgânica vem alterar algumas posições no que diz respeito à protecção da natureza mas não vai ao fundo da questão, porque a população devia estar muito mais representada nos órgãos de gestão do próprio parque natural. E as populações deviam estar representadas através dos autarcas que deviam ter uma forte presença na direcção e gestão dos parques naturais como é o da Serra da Estrela”.  
De acordo com a lei, a sede do parque natural da Serra da Estrela deve estar sediada no concelho de Manteigas. Algo que na prática, de acordo com o autarca, não sucede “o órgão máximo regional está forma do parque natural e isso é uma aberração. A sede do parque natural da Serra da Estrela está definida ser em Manteigas, mas a maior parte dos serviços técnicos não funcionam aqui. A sede é aqui mas tudo depende de outra zona do país. Por pressão da câmara no ano passado decidiram pintar o edifício da sede mas não o acabaram. A parte superior ficou por pintar. Ou não chegou a tinta ou não chegou a vontade ou então será alguma coisa contra o presidente da câmara e isso é muito mau. Reivindicámos a pintura da sede e continuamos a reivindicar a localização de serviços que daqui foram retirados mas fizeram-nos metade da vontade. Isso demonstra a própria degradação não do edifício mas de toda a estrutura do parque natural”.    
Mas há outra situação que o autarca de Manteigas considera ainda mais flagrante, relativamente à falta de actuação por parte da direcção do parque “temos vindo a reivindicar melhores condições ao nível da prevenção dos incêndios na Serra da Estrela. Isso tem a ver com arranjo de caminhos, silvicultura preventiva e outros trabalhos que se podem fazer. O equipamento do parque natural da Serra da Estrela para fazer essas intervenções está parado num parque. Há entidades que não se importam de custear o combustível e na manutenção desde que o ICNF lhes empreste esses equipamentos para fazer esses trabalhos em substituição do próprio ICNF. E nem assim esses equipamentos são cedidos”.  
Preocupações que o presidente da câmara de Manteigas espera apresentar em breve numa reunião que já solicitou ao presidente do instituto de conservação da natureza e florestas.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados