RCB/TuneIn
Sábado, 19 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BOMBEIROS DE PENAMACOR DEBAIXO DE FOGO
Rádio Cova da Beira
Presidente da assembleia municipal de Penamacor marca reunião extraordinária para debater situação dos bombeiros voluntários do concelho. Depois da assembleia municipal de ontem à noite, em que vários elementos denunciaram problemas na associação humanitária, um grupo de 15 deputados municipais pediu uma reunião extraordinária que já foi marcada para o próximo dia 4 de Julho, às 20h.
Por Paula Brito em 28 de Jun de 2019

Guida Leal, líder da bancada do Partido Socialista, decidiu denunciar na assembleia municipal os problemas que já levou à assembleia geral dos bombeiros, e pediu a intervenção do presidente da câmara, como responsável máximo da protecção civil no concelho.

“O Sr. Presidente sabia que estão nesta sala doentes oncológicos a quem o serviço de transporte foi mal efectuado e até mesmo negado? Tem conhecimento que existem inúmeras queixas no livro amarelo de reclamações para as quais não existe qualquer tipo de resposta?”  

Segundo Guida Leal, o comandante e o presidente da direcção dos bombeiros empurram um para o outro, as soluções quando confrontados com os problemas.

“O comandante mandou-os ir ter com o presidente da direcção e o presidente da direcção mandou-os ir ter com o comandante não ficando nada resolvido.”

As perguntas a António Beites sucedem-se: “Tem conhecimento que existem bombeiros postos de lado por não serem da simpatia do senhor comandante? Sabia que existem dias em que as escalas de piquetes de prevenção a incêndios são constituídas, quase na sua totalidade, por bombeiros recém formados que nunca viram sequer um fogo?”

“Uma trapalhada”, disse Guida Leal, que pode estar a colocar em causa o socorro e segurança da população.

“A partir de hoje todos passamos a ter conhecimento desta informação, é um dever de todos nós exigir que se apurem as responsabilidades, que se corrijam erros, e que se devolva a todos os munícipes e a todos aqueles que nos visitam a segurança, a protecção e o socorro.”

Francisco Abreu, da bancada do PS, solicitou ao presidente para que faça todas as diligências para sanar a situação que também a deputada socialista, Valéria Gonçalves, quer  ver sanada “para continuarmos a ter orgulho dos nossos bombeiros.”

O presidente da câmara de Penamacor anunciou que vai convocar, com urgência, uma reunião entre a direcção, o comando e o Comandante Operacional distrital.

No final da assembleia, no período destinado ao público, Sandra Costa, filha de uma doente oncológica que era transportada todas as semanas pelos bombeiros de Penamacor para o IPO de Lisboa, foi testemunhar a situação vivida pela sua mãe que um dia, devido a estas situações, chegou tarde ao tratamento.

“Para não haver mais estes factos e a minha mãe não ficar sem tratamentos, o IPO resolveu que a minha mãe ia com uma entidade privada de Castelo Branco. Na primeira noite a minha mãe não dormiu porque não conhecia ninguém, sentiu-se mal, tiveram que parar a meio da viagem e levá-la ao hospital de Abrantes.”  

Sandra Costa deslocou-se aos bombeiros para falar com o comandante mas não conseguiu. Já quanto ao presidente da direcção dos bombeiros´, “respondeu-me que não era nada com ele, então é com quem? Se a direcção não quer responder, não quer dinheiro, não quer socorrer a nossa população, então demita-se.”

Contactado pela RCB, o comandante da corporação, Joaquim Fonseca, admite um problema que se prende com a recusa de três bombeiros em fazerem viagens de longo curso antes da 8h da manhã, “a direcção paga uma compensação a quem faz o transporte de longo prazo antes da 8h, mas agora há alguns bombeiros que se recusam a fazê-lo, mas ainda não disseram o que reivindicam”. O comandante, Joaquim Fonseca, garante que o socorro às populações está salvaguardado, garante que não existe desmotivação nos seus bombeiros e que a situação da escala será resolvida na reunião com a direcção e presidente da câmara de Penamacor.

Contactado também pela RCB, Porfírio Saraiva, presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros de Penamacor, não quer tecer comentários à situação.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados