RCB/TuneIn
Segunda, 21 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BVC ASSINALAM ANIVERSÁRIO
Rádio Cova da Beira
No dia em que completaram 144 anos de vida, os bombeiros voluntários da Covilhã assinaram com a câmara municipal a escritura de cedência de um lote de terreno, situado entre o quartel e a casa escola da corporação, para a construção de um novo espaço para aparcamento de viaturas.
Por Nuno Miguel em 25 de Jun de 2019

Outras da categoria:

Há muito que essa necessidade estava identificada pela direcção da corporação, que tem agora reunidas todas as condições para poder avançar com a elaboração do projecto e a concretização da obra, como refere o líder directivo dos soldados da paz “não começámos ainda com o projecto porque o terreno não era nosso na totalidade. A partir de agora vamos imediatamente contactar uma empresa de projectistas para se avançar com a parte da arquitectura e depois pedir orçamentos e começar a fazer a obra de forma faseada. Acredito que a câmara nos vai ajudar ao nível do muro de suporte que é necessário fazer na rua Júlio Maria da Costa e todo o restante vai ser connosco”.  
Já o presidente da câmara municipal da Covilhã considera que este novo espaço é fundamental para que a corporação esteja melhor preparada para ocorrer a qualquer situação de emergência. Vítor Pereira mostrou-se ainda convicto de que, a curto prazo, vão estar reunidas condições para que a autarquia reforce o apoio aos soldados da paz “o município tem dado aos bombeiros o apoio que é possível mas temos fundadas esperanças que em breve vamos poder ajudar ainda mais. Entretanto estamos hoje simbolicamente a assinar a escritura de doação deste terreno para que possa ser construída mais uma garagem onde os veículos, que tem de estar operacionais e em prontidão, possam sair imediatamente em socorro dos nossos cidadãos caso isso seja necessária. Os bombeiros são uma trave mestra da nossa segurança”. 
As comemorações deste aniversário ficaram ainda marcadas pela bênção de seis novas viaturas. São cinco ambulâncias e uma moto quatro de primeira intervenção que foi doada à corporação pelo moto clube “Lobos da Neve” e que, de acordo com o presidente da direcção, vai ser uma mais valia “nós entendemos que o facto de a sociedade se lembrar dos bombeiros voluntários, seja com a atribuição de uma viatura ou qualquer outra coisa, por mais simbólica que seja, é extremamente importante. Obviamente que esta viatura é uma mais valia para nós ao nível de uma primeira intervenção a todos os níveis e estamos muito gratos com este gesto”. 
A nível operacional, Joaquim Matias destaca o esforço que tem vindo a ser feito na renovação da frota automóvel da corporação mas há ainda duas lacunas que importa preencher “neste momento temos uma frota excelente mas falta-nos um novo carro de comando e também uma outra viatura de combate a incêndios urbanos nas ruas mais estreitas da cidade. Estamos a envidar esforços no sentido de proceder a essa aquisição mas, infelizmente, não há comparticipação para a aquisição deste tipo de viaturas, apenas são comparticipadas as viaturas de combate a incêndios florestais. É um esforço que a associação vai ter de fazer mas espero que seja possível chegar a bom porto”.  
Ao nível de intervenções físicas, o presidente da direcção dos bombeiros da Covilhã deixou ainda a garantia de que esta semana vai ser adjudicada a empreitada de construção de um elevador para facilitar o acesso ao interior do quartel a todos os cidadãos com mobilidade reduzida. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados