RCB/TuneIn
Sábado, 26 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
PORTUGUESES “VÃO ESCOLHER UM DE DOIS CAMINHOS”
Rádio Cova da Beira
O secretário geral do PCP considera que as próximas eleições legislativa são uma grande oportunidade para que os portugueses expressem a sua vontade de que o país continue a avançar na recuperação de rendimentos e direitos e num melhor serviço acesso aos serviços públicos em áreas fundamentais como a educação e a saúde.
Por Nuno Miguel em 23 de Jun de 2019

Outras da categoria:

Numa sessão pública que decorreu ontem à tarde no Tortosendo, Jerónimo de Sousa sublinha que nas eleições legislativas do dia seis de Outubro os portugueses vão ter uma escolha entre dois caminhos “o grande desafio que o país enfrenta nas eleições de Outubro é a escolha entre dois caminhos; avançar no que se conquistou e dar resposta aos problemas do país ou andar para trás pela mão do PS, do PSD e do CDS. Estas eleições são a grande oportunidade para todos os que aspiram a uma vida melhor, expressem a vontade de colocar o país a avançar e dando mais força à CDU. É a nossa vida colectiva e vida de cada um de nós que se decide em Outubro e por isso estamos neste combate eleitoral determinados em alcançar um resultado que garanta aos portugueses que o que se conseguiu nesta legislatura ao nível da reposição de rendimentos e direitos não vai voltar atrás. E temos de avançar decididamente numa melhoria mais substancial das condições de vida dos trabalhadores e das populações”.

Jerónimo de Sousa refere que não há vencedores antecipados desse acto eleitoral e sustenta que o avanço do país só pode ser alcançado com um reforço da votação da CDU. O secretário geral do PCP mostra-se convicto de que é possível reforçar a votação naquela força política e até eleger deputados em mais círculos eleitorais “partimos para esta batalha com o pensamento que é possível garantir um bom resultado, pelo papel determinante que as forças da CDU tiveram no que se alcançou de positivo ao longo dos últimos quatro anos. Estamos determinados em confirmar e alargar a nossa influência e representação nos círculos eleitorais onde elegemos deputados e não deixaremos de trabalhar com determinação pela eleição de deputados da CDU nos círculos eleitorais onde ainda não os temos”.

Nas eleições legislativas de 2015 a CDU não conseguiu eleger nenhum deputado no distrito de Castelo Branco, Mas isso, afirma Jerónimo de Sousa, não fez com que a coligação se tivesse esquecido do distrito ao contrário do que sucedeu com outras forças políticas “todos os que neste distrito votaram na CDU, apesar de não termos conseguido eleger nenhum deputado, sabem que esse voto não foi desperdiçado. Na Assembleia da República, mesmo sem termos um deputado eleito, mas porque foram muitos os milhares de portugueses que votaram na CDU nesta região nós nunca a esquecemos. Estivemos sempre na primeira linha de combate na defesa dos interesses da região e das suas populações mesmo que, às vezes, aqueles que elegeram os deputados tivessem esquecido os compromissos que assumiram com as populações do distrito de Castelo Branco”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados