RCB/TuneIn
Quinta, 27 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
AINDA SEM RESPOSTA
Est? adiado at? 14 de Maio o futuro das trabalhadoras da ?Proud Momments?. A empresa, sediada na zona industrial do Fund?o, ainda n?o obteve qualquer resposta quanto ao plano de viabiliza??o que apresentou ao minist?rio da economia.
Por Nuno Miguel em 27 de Apr de 2010

A “Proud Momments” emprega cerca de 1 centena de pessoas que tem os seus contratos suspensos há mais de meio ano.  Face a esta situação de indefinição as trabalhadores estiveram reunidas em plenário e decidiram "alargar, até ao próximo dia 10 de Maio o prazo anteriormente estabelecido para que o ministério da economia dê uma resposta ao plano de viabilização" afirma o coordenador da união de sindicatos de Castelo Branco.

Luís Garra acrescenta que "já ficou agendado um novo planário, para o dia 14 de Maio, e caso ainda não exista qualquer resposta ao plano de viabilização as trabalhadoras vão avançar para a rescisão dos seus contratos de trabalho"

Para o coordenador da USCB "é urgente que o poder político tome uma decisão uma vez que a actual situação é insustentável; não se justifica tanta demora na resposta ao plano de viabilização e, por outro lado, as trabalhadoras também necessitam de resolver a sua vida".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados