RCB/TuneIn
Sexta, 18 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MOÇÃO DE APOIO A HORTENSE MARTINS
Rádio Cova da Beira
Comissão política distrital do PS de Castelo Branco, realizada na segunda-feira, aprovou por esmagadora maioria, uma moção de apoio a Hortense Martins “que é hoje uma figura de referência no Partido Socialista, no distrito de Castelo Branco e no país”.
Por Paulo Pinheiro em 19 de Jun de 2019

A moção destaca a frontalidade com que a deputada “defende as ideias em que acredita, a disponibilidade para ouvir e estar junto das populações, a proximidade às estruturas do partido, o espírito aberto, a capacidade para estabelecer pontes e gerar consensos”.

Características que ajudaram a que o PS afirmasse a sua força no distrito de Castelo Branco e no caso das legislativas de 2015, o Partido Socialista, com Hortense Martins como cabeça de lista, alcançasse “uma vitória inequívoca, um dos melhores resultados nacionais, com cerca de 39% (38,86%) dos votos”.

A moção recorda as lutas em que a líder da distrital do PS de Castelo Branco se tem empenhado, atais como a continuação das obras de electrificação da Linha da Beira Baixa, a inclusão do IC – 31 no Programa Nacional de Investimentos que ligará e aproximará esta região a Madrid, a Barragem do Alvito, a continuação da luta pela Barragem das Cortes, a descida e/ou eliminação das portagens na A23 entre outras,

Os socialistas não escondem a surpresa com “o conjunto de ataques pessoais e políticos a Hortense Martins, subscritos por um pequeno número de militantes do Partido Socialista”, registado nos últimos tempos.

Os ataques exteriores “sendo cobardes, soezes e desleais, ainda se compreendem, pois esta afigura-se àqueles que os fazem como a única forma, uma forma desesperada é certo, de tentar ganhar nos jornais, aquilo que os eleitores negam nas urnas”, lê-se no documento.

Quanto aos ataques internos, revelam a baixeza de caráter de quem os faz e só se compreendem como uma estratégia que tem como primeira preocupação a satisfação de interesses pessoais em detrimento dos interesses colectivos”, frisa o documento aprovado.

Também a concelhia de Castelo Branco do PS manifesta “reconhecimento e apoio inequívoco” à  Hortense Martins e condena aqueles “que, não pertencendo aos órgãos eleitos do PS, procuram denegrir a imagem de décadas de trabalho deste partido político e não sabem colocar as questões nos devidos órgãos eleitos para tal”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados