RCB/TuneIn
Sexta, 15 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
EDMILSOM MANT?M VIVO O SONHO
O l?der do Campeonato Distrital passou inc?lume no Tenente Manuel Morais gra?as a uma grande penalidade apontada pelo brasileiro a 9' do final do jogo...
Por José Joaquim Ribeiro em 26 de Apr de 2010
Estamos em fase de decisões e nesta altura todos os pontos interessam, daí que o Estreito tenha seguido á risca as indicações do seu treinador que aposta tudo em pontuar fora e vencer em casa.

Esse factor aliado ao intenso calor que se fez sentir levou a que o jogo estivesse longe de ser um espectáculo agradável para quem se deslocou ao Pedrógão á espera de outra coisa.

As oportunidades de golo foram quase nulas ao longo de todo o jogo pois se ao Pedrógão só interessava dignificar as camisolas, já ao Estreito, se empatasse já não era mau.

A bola andou sempre muito distante das balizas e quer Tiago Ramos, quer Manuel Silva talvez não estivessem á espera de uma tarde tão descansada.

No primeiro tempo houve apenas uma grande oportunidade de golo e para a equipa visitante com Vieira a surgir aos 35' pela direita e a não conseguir marcar e na recarga, Edmilson também a não conseguir desfeitear Tiago Ramos.

Antes deste lance apenas dois remates de meia distância com Ricardo Santos logo aos 9' de livre na direita a rematar ao lado e Zé-Tó aos 23' a tentar surpreender Tiago Ramos.

Ao intervalo e sabendo da deslocação difícil á Atalaia na próxima jornada e com a equipa de Joca em vantagem em Oleiros, era á equipa de António Belo que competia assumir o jogo mas a toada manteve-se e com a equipa forasteira a arriscar muito pouco.

Neste segundo tempo a partida se já não era bonita ainda se foi estragando mais pois o jogo endureceu e Luis Cruz teve de ir ao bolso e sacar dos cartões.

Os lances duvidosos também aconteceram como aos 14' quando Marco foge pela esquerda e já na área parece sofrer falta de um defensor local mas fica o beneficio da dúvida para Luís Cruz que estava em cima da jogada e foi rápido a mandar seguir o lance.

O estreito vai estar perto do golo aos 21' quando após cruzamento na esquerda, Esteves em boa posição cabeceia por cima e aos 26', Mário Pina após canto na direita tem tudo para marcar mas ao 2º poste, atira ao lado.

A equipa da casa aos 32' vai ficar reduzida a 10 jogadores quando Ricardo Santos que já havia visto um amarelo por uma falta muito dura sobre Vieira que acabou por sair tocado, vê o segundo amarelo por nova falta feia agora sobre Rui Rafael e vai tomar banho mais cedo.
O jogo caminhava para o final e parecia tudo ir ficar empatado até que a 10' do fim, Pedro Ferreira coloca a mão á bola e Luís Cruz mais uma vez em cima do lance, aponta para marca da grande penalidade, com os homens da casa a protestarem a falta ter sido fora da área mas o árbitro estava em cima do lance e não hesitou.

Chamado a converter, o experiente Edmílson não vacilou e atirou a contar para marcar aquele que seria o golo da vitória e que mantém a chama do titulo bem acesa, sendo que até final, o líder do campeonato soube gerir a vantagem muito preciosa que lhe permite encarar o jogo na Atalaia do Campo, bastante moralizado para aquele que será provavelmente o jogo do titulo...

A: Luís Cruz fez um excelente trabalho na primeira parte e na segunda teve de ir ao bolso várias vezes, ficando o beneficio da dúvida naquele lance com Marco e no que respeita á grande penalidade, não teve a mínima dúvida, dai nota positiva.

É nos grandes momentos que os grandes jogadores não vacilam e Edmilson chamado a bater a grande penalidade não hesitou e garantiu os preciosos três pontos para a sua equipa.

No Pedrógão nota-se algum baixar de braços depois da desilusão de ter ficado afastado da luta pelo título e apesar de muito lutarem os comandados de Xana estiveram longe de outras tardes gloriosas no Tenente Manuel Morais...

Águias do Moradal, veio ao Pedrógão, já com a cabeça na Atalaia do Campo e não arriscou quase nada na busca da vitória mas os campeões fazem-se de sorte e um erro adversário acabou por dar a vitória a 10' do final da partida...


Luís Teixeira

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados