RCB/TuneIn
Domingo, 15 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
3? DIVIS?O ? FASE DE MANUTEN??O
O Benfica e Castelo Branco goleou este domingo o Penamacorense e deixa este clube a seis pontos de dist?ncia do terceiro posto que tamb?m garante a manuten??o. O Alcains perdeu em Coimbra com o Vigor da Mocidade.
Por José Joaquim Ribeiro em 25 de Apr de 2010
Os encarnados albicastrenses tiveram uma tarde tranquila quando o que se podia esperar era um jogo equilibrado, na recepção dos vizinhos de Penamacor. Os benfiquistas entraram muito bem no jogo e cedo ganharam vantagem no marcador, com um golo de Fabrício, que correspondeu com um toque subtil a um cruzamento da esquerda. Estavam decorridos apenas 9 minutos, aos 20, o mesmo Fabrício, na sequência de um pontapé de canto, cobrado por Miguel Vaz, subiu às alturas e atirou a contar, colocando os encarnados com uma vantagem muito encorajadora. A onda encarnada não se ficou por aqui e aos 28 minutos, João Afonso finaliza um lance que ele próprio construiu. O atleta albicastrense conduziu o esférico desde o seu meio campo, à entrada da área tabelou com um companheiro e na cara do golo não perdoou. O resultado estava a tomar forma de goleada e não se vislumbrava a reacção dos comandados de António Real. Foi ainda o Benfica quem voltaria a marcar, desta feita por Daniel Fernandes, que aos 34 minutos, finalizou com êxito mais uma jogada da sua equipa. Foi com este resultado que se chegou ao intervalo. Na segunda parte, praticamente a abrir, Fabrício voltou a fazer o gosto ao pé e coloca o marcador em 5-0. Era uma goleada à moda antiga. Foi só a partir deste quinto golo que a equipa de Penamacor conseguiu crescer no jogo, aproveitando a natural descompressão do adversário. Conseguiu aos 68 minutos reduzir por Pedro Silveiro e João Peixe, aos 70’ fixou o resultado em 5-2. Uma vitória mais do que merecida e que coloca a equipa de João Laia em muito boa posição para dentro de mais uma ou duas jornadas poder garantir a manutenção.

O Alcains, como era de prever, pelas dificuldades que o jogo desta tarde deixava antever, perdeu em casa do Vigor da Mocidade, num jogo que interessava mais à equipa de Coimbra do que propriamente ao CDA. A equipa do distrito esta condenada, resta-lhe, nas cinco partidas que faltam, continuarem a dignificar aquelas camisolas amarelas e o símbolo do clube.

O Benfica tem 26 pontos, Tocha está com 23, Vigor da Mocidade 21, ADEP 15, Alcains 8 e Nelas 6. No próximo domingo o Benfica recebe o Nelas, um jogo que não se diz que já está ganho por que é necessário empenho dentro das quatro linhas, a ADEP vai jogar em casa do Vigor da Mocidade, adversário directo nesta luta pela manutenção e o Alcains recebe o Tocha.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados