RCB/TuneIn
Sexta, 15 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
DISTRITAL EST? AO RUBRO
A duas jornadas do fim, as duas equipas que melhores condi??es t?m para poderem sagrar-se campe?s distritais, ?guias do Moradal e Atalaia do Campo, mant?m a mesma dist?ncia com que partiram para a jornada deste domingo, ficando tudo em aberto para a jornada do pr?ximo domingo, quando ambos se encontrarem no recinto da Atalaia do Campo.
Por José Joaquim Ribeiro em 25 de Apr de 2010
Neste domingo o Águias tinha a tarefa bem mais complicada que a Atalaia, visto ter como adversário o Pedrógão de S. Pedro enquanto que a equipa do concelho do Fundão jogava em Oleiros, ante uma equipa fragilizada.

O Águias conseguiu os seus intentos, vencendo, por 1-0, com o golo a ser apontado, na conversão de uma grande penalidade, por Edmilson, aos 81 minutos do encontro, três minutos depois do Pedrógão ter ficado a jogar com dez unidades por expulsão de Ricardo Santos, que viu duas cartolinas amarelas por entradas algo duras sobre adversários. A vitória assenta bem aos comandados de António Belo, porque foram a equipa que mais acreditou que podia vencer, num jogo que não foi nada bem disputado e jogado de forma lenta na grande maioria do tempo. O calor não devia servir de desculpa para tanta lentidão !

A Atalaia ainda deixou que o Oleiros se adiantasse no marcador, mas depois acabou por golear. A equipa da casa, por Norberto, marcou aos 14 minutos mas um minuto depois Bruno Correia recolocou a partida, de novo empatada. Não foi por muito tempo, aos 26 minutos Trindade dava a volta ao marcador e colocava a equipa de Joca na frente do marcador. Ainda na primeira parte, aos 34’, Carlitos marcou o terceiro, dando maior volume ao placard. Na segunda parte o Oleiros ainda pôde reduzir, por Bruno, que converteu com sucesso uma grande penalidade, mas dois minutos depois, também de penalti, a Atalaia, por Ucha, voltava a ter dois golos de vantagem. O marcador ganhou maior amplitude com novo golo de Carlitos, aos 82’, que fez o 2-5 e Pina, que tinha entrado na partida alguns minutos antes, fixou o resultado final nesta goleada, por 2-6.

Em Cernache, num jogo para cumprir calendário, a equipa do Vitória venceu por 3-0, com dois golos de Rabãa e um de Santolini. O primeiro aconteceu aos 45 minutos, com Santolini a oferecer o golo a Rabãa e a levar o jogo para intervalo com esta vantagem, na segunda parte, logo aos 10 minutos a equipa da casa fica reduzida a 10, por expulsão de Fernando Miguel, por duplo amarelo, mas, mesmo em inferioridade numérica, foi a equipa da casa a aumentar a conta do marcador. O segundo da tarde foi obra de Santolini, em jogada individual e o mesmo jogador construiu o terceiro que ofereceu a Rabãa. Alan Santolini, com duas assistências para golo e um tento marcado foi indiscutivelmente o homem do jogo.

Após esta jornada o Águias do Moradal mantém a liderança, com 46 pontos, seguido da Atalaia do Campo, com 44, Pedrógão de S. Pedro e V. Sernache partilham a 3ª posição, com 34, a Desportiva do Fundão tem 27 e o Oleiros 18.

No próximo fim de semana realiza-se o jogo que vai valer o titulo, entre a Atalaia do Campo e o Águias do Moradal, para que se cumpra calendário jogam, também: Fundão – Pedrógão e Oleiros – V. Sernache.

Para apuramento de finalista da Taça de Honra José Gonçalves Farromba, o Águias do Moradal tem mais três pontos que a Atalaia. 22 para o Águias e 19 para a Atalaia.

Apuramento do outro finalista da Taça de Honra

Os dois clubes que estão capazes de discutir o primeiro posto e que lhes irá garantir estar na final, tinham neste domingo deslocações acessíveis e no final confirmou-se o que era expectável. O Proença jogou em Unhais da Serra e venceu por 1-0, com o único golo da partida a ser apontado por Fábio, aos 32 minutos de jogo. Na Lardosa a equipa da casa ainda pregou um susto ao Teixosense, quando virou o jogo a seu favor, mas a equipa de Paulo Serra com uma ponta final demolidora, conseguiu somar os três pontos. Ricardo Sousa foi o primeiro a marcar, para o Teixosense, aos 47 minutos, a Lardosa virou o resultado aos 72 e 77 minutos, com golos de André e Luís Pedro, mas aos 85 Miguel colocou o resultado em 2-2, dois minutos depois João Bruno, de penalti, fez o 2-3 e no último minuto do encontro Ricardo Casteleiro fixou o resultado em 2-4.

Em Valverde a equipa da casa desenvencilhou-se do Vilarregense a quem venceu por 3-1, num jogo sem história e que conta apenas para que os clubes dignifiquem esta sua presença no distrital.
Teixosense e Proença têm 35 pontos, Valverde 27, Vilarregense 15, Lardosa 9 e Unhais da Serra 5. No próximo fim de semana o Unhais recebe o Valverde, o Vilarregense joga em casa com a Lardosa e no jogo que pode garantir a presença na final da Taça, jogam em Proença a equipa da casa e o Teixosense.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados