RCB/TuneIn
Terça, 18 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FERRO: FEIRA DA CEREJA √Č APOSTA GANHA
Rádio Cova da Beira
O presidente da junta de freguesia do Ferro considera que a realização da feira agrícola e da cereja daquela vila do concelho da Covilhã é já uma aposta ganha. O certame foi visitado este fim de semana por muitas centenas de pessoas, não só da região mas de todo o país, à procura de um produto muito apreciado nesta altura do ano.
Por Nuno Miguel em 04 de Jun de 2019
Na edição deste ano, estiveram presentes 60 expositores e a autarquia já não conseguiu dar resposta a todos os pedidos de inscrição. Por isso Paulo Ribeiro refere que uma das apostas para 2020 será a ampliação da área do certame “essa possibilidade já foi avaliada este ano mas em 2020 vamos ampliar a zona de realização da feira para mais duas ruas. Tivemos este ano 60 expositores inscritos e não pudemos aceder a todos os pedidos de expositores e por isso teremos que a expandir. Vamos continuar a apostar naquilo que são os nossos produtos e as nossas tradições com a certeza que temos que melhorar mais a área da comunicação para que esta feira chegue a todo o país e para que mais gente nos possa visitar durante estes dias”.  
O programa da feira este ano foi complementado com baptismos a cavalo, uma gala equestre e com o regresso da tradicional garraiada. Actividades que, de acordo com o autarca do Ferro, são para manter em futuras edições “a garraiada foi uma actividade que interrompemos o ano passado mas que este ano foi retomada a pedido de muitas pessoas e que mostra ser uma actividade apreciada e muito acarinhada nesta feira. É uma aposta para continuar, nós somos uma feira agrícola e da cereja e queremos cada vez mais apostar em espectáculos que estejam ligados à agricultura e por isso tivemos este ano também a primeira aposta na realização de uma gala equestre que é algo a que também queremos dar continuidade”.     
Pela primeira vez a participar no certame, Julieta Cardoso, da empresa “Sabores da Beira” refere que esta é uma aposta que deve ser mantida no sentido de potenciar as capacidades agrícolas da freguesia “é a primeira vez que estamos a participar e só não o fizemos antes por falta de tempo e de disponibilidade. Na minha opinião esta é uma aposta que vale a pena a freguesia continuar a dinamizar porque estamos a falar de um produto da terra e temos que o divulgar uma vez que o Ferro tem tanta área com cereja temos de aproveitar isso e faz todo o sentido realizar esta feira para divulgar não só a cereja mas todos os produtos da região”. 
Dírio Ferrinho participa há quatro anos consecutivos neste certame e só lamenta que este ano o número de visitantes tenha diminuído “nos outros anos tem corrido tudo bem mas este ano, talvez devido ao calor, tem estado é mais fraquinha ao nível dos visitantes. Há menos pessoas nas ruas e as que passam compram pouco. Eu gosto deste tipo de feiras, sou produtor aqui no Ferro, este ano ao nível da produção não foi mau. Ainda houve algumas perdas devido à chuva mas agora, com o calor, a cereja começa a amadurecer mais rápido”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados