RCB/TuneIn
Quinta, 27 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
TORTOSENDO: QUARTEL DA GNR ESTÁ REQUALIFICADO
Rádio Cova da Beira
Tratou-se de um investimento de sete mil euros, suportado pelas juntas de freguesias daquela vila, Dominguiso e Peso/Vales do Rio em que os autarcas, em conjunto com os militares, contribuíram com a sua mão de obra para dar melhores condições de funcionamento às instalações.
Por Nuno Miguel em 28 de May de 2019
Um sinal de que a união faz a força, afirma o presidente da junta de freguesia do Tortosendo “esta união entre as juntas de freguesia do Tortosendo e a união de freguesias de Peso e Vales do Rio mostrou que com pouco se pode fazer muito. E aqui, com muito esforço da nossa parte, conseguimos dar um mínimo de condições dignas ao posto da GNR do Tortosendo que não as tem. E também ficou demonstrado que, por muito que aqui se faça, ele continua a ser pequeno para aquilo que é necessário e por isso para além de ser uma forma de agradecimento pelo trabalho realizado pela GNR nesta área territorial é também uma forma de reivindicação pela construção de um novo posto”.  
David Silva refere que apesar desta requalificação, a construção de um novo quartel da GNR continua a ser uma necessidade. O local já está identificado e o autarca espera que em breve o ministério da administração interna possa dar luz verde a esse projecto “há um local que já foi escolhido, já foi visitado pela GNR e está actualmente a ser alvo de análise por parte do ministério da administração para que depois de se possa avançar com o projecto e arrancar com as obras. De momento ainda não podemos avançar com o local, posso só dizer que é numa das partes urbanas da freguesia. Com muita pena nossa não foi possível avançar com a ideia de recuperar um antigo edifício fabril que esteja abandonado mas o que nos interessa é que o novo posto seja uma realidade em 2021”.  
Rui Amaro, presidente da união de freguesias de Peso e Vales do Rio, aponta este caso como um dos muitos exemplos em que os autarcas têm de colocar «as mãos na massa» “ficou aqui provado que muitas vezes nós temos de colocar as mãos na massa para fazer as obras porque os apoios são poucos. Esta gente precisava do nosso apoio e nós aqui estivemos para o ajudar em tudo o que foi possível. E o que está aqui à vista de toda a gente é que, por vezes, não é preciso fazer uniões de freguesias. Basta haver acordo entre elas e as coisas resolvem-se”.  
Já o presidente da junta de freguesia do Dominguiso, José Matos, sublinha que esta intervenção veio permitir melhorar as condições de funcionamento do posto e de todos os militares que ali exercem a sua função “a intervenção que aqui foi feita pelas três juntas de freguesias permitiu melhorar muito as condições de funcionamento da GNR. É um edifício que já estava a precisar e estão aqui agora reunidas melhores condições para os militares que aqui estão a trabalhar assim como todas as pessoas que precisem de recorrer a este serviço até vir o novo posto que continua a ser a nossa reivindicação”.  
Uma cerimónia em que também marcou presença o comandante territorial da GNR do distrito. No entanto Jorge Ludovico Bolas não prestou quaisquer declarações sobre o assunto. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados