RCB/TuneIn
Terça, 18 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FEIRA DA CHAVELHA TEM DATA MARCADA
Rádio Cova da Beira
A sexta edi√ß√£o deste certame promete dar novamente uma anima√ß√£o diferente √† freguesia de Peraboa entre os dias sete e dez de Junho. Anima√ß√£o de rua, gastronomia, artesanato e uma forte aposta na realiza√ß√£o de dois concertos com Sa√ļl e Micaeala s√£o alguns dos pratos fortes desta edi√ß√£o do certame.
Por Nuno Miguel em 26 de May de 2019
Uma das principais novidades da edição deste ano passa por uma concentração dos expositores por forma a dar uma maior amplitude à feira, como refere à RCB o presidente da junta de freguesia de Peraboa “quem conhecia o certame anteriormente sabe que a feira se espalhava pelas ruas de Peraboa mas recebemos algumas reclamações, e nós estamos cá para limar arestas, que quando começavam os espectáculos de palco havia zonas que ficavam mais isoladas. Nesse sentido o certame vai ficar novamente espalhado pelas ruas mas de uma forma mais concentrada e onde toda a gente fica virada para o palco mas numa zona mais central de Peraboa”. 
Sílvio Dias acrescenta que na edição deste ano a feira vai também procurar recuperar toda a tradição ligada ao sector agrícola daquela freguesia do concelho da Covilhã “vamos voltar a ter alguns expositores mais vocacionados para a parte artesanal e agrícola de Peraboa. É algo que faz todo o sentido uma vez que somos uma aldeia virada para essa área, onde falamos do museu do queijo, da transumância e das ovelhas. Queremos que a feira continue a evoluir como tem acontecido até agora e também vamos ter algumas surpresas mais direccionadas para as crianças mas que, para já, não quero divulgar uma vez que também queremos criar algum efeito surpresa para quem nos visita”.     
Este ano a organização decidiu antecipar numa semana a organização deste festival. Uma opção que o autarca de Peraboa justifica com o facto de, no fim de semana seguinte, decorrer o desfile das marchas populares da Covilhã “neste momento temos espaço para 18 expositores e 16 já estão preenchidos, o que nos leva a ter expectativas elevadas para esta edição. Como sabe este ano também decidimos antecipar em uma semana a realização da feira. A feira da chavelha decorria sempre no segundo fim de semana de Junho mas decidimos alterar a data para não colidir com a realização das marchas populares. Sabemos que essa iniciativa tem impacto na Covilhã e nós, na edição do ano passado, perdemos algum impacto devido à colisão da data da feira com outras iniciativas”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados