RCB/TuneIn
Domingo, 22 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
DÍVIDAS DAS AUTARQUIAS: FUNDÃO NO SEGUNDO GRUPO DE RISCO
Rádio Cova da Beira
O Fundão é o único município do distrito de Castelo Branco incluindo nos grupos de risco com endividamento acima do limite legal, indica um estudo do Conselho das Finanças Públicas.
Por Paulo Pinheiro em 17 de May de 2019
O relatório divulgado esta quinta-feira, 16 de Maio, coloca a Câmara Municipal do Fundão no segundo grupo de risco de endividamento com rácio de dívida entre os 225% a 300% da receita cobrada (o limite definido por lei é de 150%) juntamente com Alfândega da Fé, Portimão, Vila Franco do Campo e Vila Nova de Poiares.
No primeiro grupo de autarquias que ultrapassam o limite, num rácio entre os 150% e os 225%, estão Celorico das Beira e Seia (Guarda), Alandroal, Aveiro, Caminha, Évora, Freixo de Espada à Cinta, Gondomar, Lamego, Nazaré, Paços de Ferreira, Peso da Régua, Reguengos de Monsaraz, Santa Comba Dão e Tabuaço.  
No conjunto de municípios considerados de alto risco, podendo estar à beira de ruptura financeira, estão Fornos de Algodres (Guarda), Cartaxo, Vila Real de Santo António e Nordeste (Açores).
O Conselho das Finanças Públicas (CFP) avaliou as situações acima do limite da dívida total, ou seja, “os municípios com excesso de endividamento no final do primeiro semestre de 2018”.
Tendo em conta os dados disponíveis, o Conselho adianta que no final do ano passado 24 dos 308 municípios estavam acima do limite da divida total, menos três que em 2017.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados