RCB/TuneIn
Quinta, 18 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BALCÃO REABRE NO FERRO
Rádio Cova da Beira
Depois de um interregno de tr√™s anos o banco ‚ÄúMontepio Geral‚ÄĚ voltou a reabrir as suas instala√ß√Ķes na vila do Ferro. Trata-se de um projecto desenvolvido pela administra√ß√£o daquela institui√ß√£o banc√°ria e que prev√™ a abertura de dez balc√Ķes ¬ęlow cost¬Ľ em todo o pa√≠s, sendo que este √© o terceiro balc√£o que abre portas no √Ęmbito desta aposta.
Por Nuno Miguel em 14 de May de 2019
Nuno Mota Pinto, administrador do “Montepio Geral” sublinha que esta reabertura está inserida numa estratégia de reforço de proximidade junto das populações que a instituição bancária tem vindo a implementar “é com muito gosto que voltamos a ter um balcão aberto no Ferro. Ele vai funcionar num formato ligeiramente diferente, com a gerência que existe na Covilhã, mas para nós é bastante importante porque somos um banco universal e queremos estar presentes para servir todas as pessoas, estejam elas no litoral ou no interior, nas cidades ou em localidades mais pequenas. Por isso esta abertura está inserida nessa estratégia de reafirmação do banco, pronto a servir todas as comunidades estejam elas onde estiverem”.  
Paulo Ribeiro, presidente da junta de freguesia do Ferro, não esconde a sua satisfação com esta decisão tomada pela administração do banco em reabrir o balcão naquela vila do concelho da Covilhã uma vez que a criação de serviços de proximidade é determinante para inverter o ciclo de desertificação que tem afectado os territórios do interior “é interessante que esta reabertura acontece num momento em que o Ferro começa a ver investimentos de alguma monta e que nos faz ter esperança no futuro da nossa vila. Nós estamos no interior, o que para mim não é um crime, e temos uma grande tarefa que é fazer a reversão, o mais rápido possível, do declínio populacional da nossa região e isso só é possível tendo condições para as pessoas se instalarem e terem à sua disposição os serviços mínimos para poderem cá viver. A existência de um banco na vila do Ferro é, do nosso ponto de vista, importantíssimo para essa vontade que temos em revigorar a nossa terra”. 
Jorge Gomes, vereador com o pelouro do desenvolvimento económico na câmara da Covilhã, não esconde que a reabertura do balcão desta instituição bancária é um motivo de dupla satisfação “para o município escusado será dizer que esta reabertura é de extrema importância. Fixar as populações nas nossas vilas e aldeias com infraestruturas como a loja do cidadão ou um banco é fundamental. E eu muito mais satisfeito fico porque, não sendo esta a minha terra de origem, é a terra onde tenho muitos dos meus investimentos e quando me aposentar é aqui que virei passar os meus dias e obviamente que ter aqui um banco onde as pessoas possam fazer os seus depósitos e outras operações é fundamental”.   
Este balcão vai estar a funcionar durante todos os dias úteis durante a parte da manhã, funcionando em articulação com a agência do “Montepio Geral” que está localizada na Covilhã. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados