RCB/TuneIn
Sábado, 25 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COMEMORAÇÕES DO DIA DO TRABALHADOR
Rádio Cova da Beira
Há 45 anos, as manifestações do 1º de Maio, Dia do Trabalhador, passaram os limites do território português e foram noticiadas em vários países. O primeiro 1º de Maio celebrado em Portugal depois do 25 de Abril foi a maior manifestação alguma vez organizada no país.
Por Paulo Pinheiro em 01 de May de 2019

Em muitas localidades do país, os portugueses saíram à rua demonstrando a adesão à “revolução dos cravos”, que uma semana antes derrubara o Estado Novo, que vigorou 41 anos (1933.1974).

Mais de quatro décadas passadas, o 1º de Maio é assinado com manifestações, comícios, festas, provas desportivas, entre outras actividades.


CGTP/IN

A União de Sindicatos de Castelo Branco (USCB) comemora o Dia do Trabalhador com o mote "Avançar nos Direitos, Valorizar os Trabalhadores". A efeméride é novamente assinalada com iniciativas na Covilhã, Tortosendo, Minas da Panasqueira e Castelo Branco, tendo como pano de fundo a realização das eleições europeias ainda durante o mês de Maio e das legislativas no próximo dia seis de Outubro.

Esta manhã, na Covilhã, decorrem a caminhada Vila do Carvalho / Covilhã e a prova de atletismo, que é apadrinhada pelo atleta Samuel Barata.  Em Tortosendo, às 10:30h, realiza-se a habitual manifestação. A partir das 15:00h, no jardim público da Covilhã e no largo de São João em Castelo Branco decorrem comícios/festa com a participação de vários grupos musicais. Em Minas da Panasqueira, a festa prolonga-se durante todo o dia.

 

UGT

A UGT Castelo Branco e os seus sindicatos do distrito estão representados em Braga, cidade que acolhe as iniciativas da União Geral dos Trabalhadores.  De acordo com a delegação de Castelo Branco, mais de uma centena de trabalhadores sindicalizados da região  rumam ao Norte para "Dignificar o Trabalho, Valorizar os Trabalhadores".

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados