RCB/TuneIn
quarta, 28 set 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
JOLON LANÇA II ANTOLOGIA DE HISTÓRIAS
Rádio Cova da Beira
O segundo volume de “As estranhas e fantásticas histórias de Jolon” foi apresentado, no último fim-de-semana, no salão nobre da câmara de Penamacor.
Por Paula Brito Batista em 23 de Apr de 2019

Na apresentação livro, que resulta de uma antologia de textos publicados no Jornal do Fundão, o presidente da autarquia, António Beites, frisou a importância da obra como registo da história e da memória do concelho.

“Se não ficasse o registo nunca se ficariam a conhecer as histórias, os usos, os costumes, as tradições, por isso temos que agradecer ao autor e a todos os que colaboraram para que fique mais uma grande obra para o concelho.”

Também para o autor, José Lopes Nunes, conhecido por Jolon, a publicação dos dois volumes tem o objectivo de preservar memórias.

“Quando os nossos filhos nos ouvirem falar e perguntem: - o que é uma canga? Temos que explicar, e no livro está isso, estão preservadas essas memórias”.

Jolon também faz parte de algumas das suas estranhas e fantásticas histórias.

“Eu vou a Idanha, pesquei 10 carpas e alguém me perguntou como é que tinha sido a pescaria. Dias depois passou num café e a dona está a dizer que o genro do Sr. Portugal esta semana pescou 15 carpas. E eu disse que não foram 15 foram 10. Ao que ela respondeu: Ó sr, Nunes, desculpe, que me o contou não é mentiroso, e se ele disse que eram 15 é porque eram 15. E os aldravões são os pescadores!”

Na primeira pessoa, como observador e contador, no concelho de Penamacor, sobretudo, mas também noutros concelhos da região, sobre tradições ou profissões em vias de extinção, histórias fantásticas e estranhas povoam o livro, publicado pela A23 Edições, que é um memorial a todos os personagens que Jolon entrevistou ao longo de mais de quatro décadas.  

Na apresentação da obra, o director do Jornal do Fundão, Nuno Francisco, fez o elogio ao autor.

“O Jolon é uma referência do Jornal do Fundão, colocou Penamacor no mapa do Jornal do Fundão e depois o jornal, com a sua projecção regional, levou Penamacor para outros pontos, nesse aspecto Penamacor deve muito ao Jolon.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados