RCB/TuneIn
Terça, 15 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
RITA SALVADO DEFINE PRIORIDADES
Rádio Cova da Beira
A nova directora do museu de lanifícios da Universidade da Beira Interior refere que a estrutura pretende reforçar o número de visitas guiadas a grupos que se mostrem interessados em conhecer aquela infraestrutura. Rita Salvado tomou posse do cargo no passado mês de Fevereiro para um mandato de dois anos, depois de ter sido directora adjunta de António Santos Pereira.
Por Nuno Miguel em 23 de Apr de 2019
Em declarações à RCB, a docente do departamento de ciência e tecnologia têxtil refere que assumir a direcção da estrutura representa um grande desafio e vai procurar imprimir um cunho pessoal na experiência proporcionada aos visitantes, desde logo na área da experimentação e também com mais visitas guiadas “temos a exposição preparada para que o visitante possa fruir dos conteúdos e compreender a narrativa sem a necessidade de haver uma visita guiada. Mas estamos a mobilizar toda a equipa para poder tornar essa experiência mais aprofundada e rica. Isto quer ao nível de mais visitas guiadas quer também com experiências na oficina têxtil com experimentação de técnicas e exploração da matéria prima que é a lã. Neste momento estamos a organizar serviços que permitam fruir do museu de uma outra forma e potenciando os recursos humanos que temos”.  
Outro dos projectos que a nova directora do museu está relacionado com a possível chegada do espólio da autoridade para as condições de trabalho, cuja ideia foi lançada em finais de 2017. Rita Salvado refere que existe todo o interesse em poder tratar e apresentar ao público esse acervo documental, sublinhado que há ainda espaço físico para que esse projecto possa ser uma realidade “eu desejo que esse acervo possa chegar mas tivemos aqui uma fase de transição e tivemos de nos concentrar e organizar internamente para poder receber fundos grandes, com esse, para o poder acomodar nas nossas instalações. Temos ainda algum espaço de crescimento mas isso implica tratar os documentos com método e também requer recursos humanos dedicados em exclusividade a esse trabalho”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados