RCB/TuneIn
Quarta, 19 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TARDE DESPORTIVA
Rádio Cova da Beira
Este domingo o Benfica e Castelo Branco e o Alcains venceram os seus jogos enquanto que Oleiros e Sertanense empataram entre si, para o Campeonato de Portugal. No distrital o √Āguias do Moradal derrotou o campe√£o Sernache. No Futsal, a Desportiva do Fund√£o goleou o Viseu, para a 1¬™ divis√£o e o G.D.Valverde, da 1¬™ divis√£o feminina, desceu aos distritais, depois da derrota sofrida em casa do Povoense
Por José Joaquim Ribeiro em 24 de Mar de 2019

CAMPEONATO DE PORTUGAL - SÉRIE C - 27ª JORNADA

 

 

OLEIROS 1-1 SERTANENSE

 

21' 1-0 Rafa Vítor g/p

 

62' 1-1 Kevin Pina

 

Resultado positivo para as duas equipas do distrito de Castelo Branco, mas o empate foi mais produtivo para o Oleiros, em termos classificativos. A equipa da casa está confortavel na 8ª posição, com 38 pontos enquanto que o Sertanense encontra-se abaixo da linha de manutenção, na 14ª posição, com 29 pontos. Na próxima jornada o Oleiros vai jogar em Fátima com o Centro Desportivo local e o Sertanense vai receber no Marques dos Santos o Vilafranquense.

 

 

BENFICA C. BRANCO 1-0 LOURES

 

52' 1-0 João Vasco

 

O Benfica e Castelo Branco venceu uma partida que foi muito quezilenta e que teve pela frente uma equipa que esteve mais interessada em explorar os erros dos encarnados albicastrenses do que produzir futebol que lhe permitisse somar pontos na partida. O Benfica e Castelo Branco, que comemora neste dia 95 anos de vida, mereceu a vitória e fez uma exibição muito agradável, num dia que o publico quase encheu o Vale do Romeiro. Os encarnados ocupam o 4º posto, com 52 pontos, estão a um de Vilafranquense e a dois dos lideres, Anadia e Leiria, mantendo-se na corrida pelos dois lugares que dão acesso à segunda fase da prova. No próximo domingo os albicastrenses vão jogar em Oliveira do Hospital.

 

MAÇÃO 0-3 ALCAINS

 

65' 0-1 Edema

 

71 0-2 Abudu

 

76' 0-3 Rubén Nogueira

 

O Alcains obteve um resultado muito importante, para as contas da classificação e também para os necessários índices de confiança que a equipa do CDA tanto necessita. Esta vitória permitiu que o clube deixasse a lanterna vermelha. Ocupa a 17ª posição, com 16 pontos e na próxima jornada vai receber no Trigueiros de Aragão o GD Peniche. 

 

 

CAMPEONATO DISTRITAL - 16ª JORNADA

 

 

PEDRÓGÃO S. PEDRO 2-1 C.AC. FUNDÃO

 

40' 1-0 Leo

 

42' 2-0 Gaspar

 

89' 2-1 Tavares

 

 

ÁGUIAS MORADAL 2-1 V. SERNACHE

 

20' 1-0 Elton Tavares

 

52' 2-0 Ivan Carvalho

 

74' 2-1 William

 

 

EZ BOIDOBRA 1-3 IDANHENSE

 

35' 1-0 Samuel

 

51' 1-1 Ricardinho

 

58' 1-2 Weiser (Zé Robalo)

 

60' 1-3 Weiser

 

 

ATALAIA DO CAMPO 1-4 V.V. RÓDÃO

 

4' 0-1 F. Sordo

 

18' 1-1 Estevão

 

28' 1-2 Esteves

 

52' 1-3 Fernando

 

75' 1-4 Fernando

 

 

PROENÇA 3-1 BELMONTE

 

15' 1-0 Valente

 

58' 1-1 Proença

 

75' 2-1 Jorge Lourenço

 

81' 3-1 Jorge Lourenço

 

Em jornada para cumprir calendário, o Campeão deixou os três pontos no Estreito, ante o Águias do Moradal. A jornada deste domingo não teve surpresas, visto as equipas favoritas, todas elas, terem cumprido o que delas se esperava.   Proença - Pedrógão, C.Ac.Fundão - Boidobra, Idanhense - Águias Moradal, V.Sernache - Atalaia Campo  e Belmonte - V.V.Ródão.

 

 

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO FUTSAL - LIGA SPORTZONE - 23ª JORNADA

 

 

VISEU 2001 2-7 A.D.FUNDÃO

 

Já se joga em Viseu e as equipas técnicas escalaram para iniciar o encontro, pelo Viseu: Nilton, Nuças, Russo, André Galvão e Peixoto. Pelos fundanenses: Costinha, Venâncio, Márcio Moreira, Mário Freitas e Gui.

 

10' 0-1 Gui. Remate de Eskerda a bola sobrou para Gui que de primeira rematou para o fundo das redes.

 

19' Peixoto viu o cartão vermelho, depois de ter derrubado Pauleta, quando este estava isolado. Do livre de que resultou a carga, nada resultou.

 

20' 0-2 Mário Freitas. Jogada coletiva, com a bola a passar por vários jogadores fundanenses e com o internacional fundanense a marcar o segundo da ADF.

 

Intervalo, com a equipa da ADF na frente do marcador, numa primeira parte totalmente dominada pelos fundanenses, que não conseguiu um numero mais elevado de golos por ter em Nilton, guardião do Viseu 2001, o melhor jogador do encontro, com defesas fantásticas.

 

Já se joga a segunda parte.

 

28' 0-3 Mário Freitas. Recarga a um remate de um companheiro.

 

29' 0-4 David Gomes. Jogada de transição, com a bola a circular por Gui, Eskerda e David Gomes, este rematou, Nilton defendeu e na recarga o David a fazer o quarto dos fundanenses.

 

30' 0-5 Gui. David Gomes assistiu e Gui não perdoou.

 

33' 1-5 André Galvão. Golo de cabeça. Passe longo, por alto e de costas para a baliza, desviou para o fundo das redes, aproveitando o facto de Costinha estar ligeiramente adiantado.

 

34'  2-5 André Galvão. Desatenção defensiva e o pivot viseense a não desperdiçar.

 

37' 2-6 Gui. Mais uma boa jogada fundanense e finalização do melhor marcador da equipa.

 

38' 2-7 David Gomes. O jovem fundanense está a impor a sua qualidade com jogadas de qualidade e golos de oportunidade.

 

Terminou o  encontro em Viseu com a goleada dos fundanenses, por 2-7, num jogo que teve sentido único. O Viseu só deu um ar da sua graça quando os técnicos da Desportiva introduziram na quadra alguns jogadores que ainda estão a tentar ganhar espaço na equipa, de resto, a superioridade da ADF foi por demais evidente durante os 40 minutos do jogo.

 

Com esta vitória a Desportiva passou a ocupar o 4º posto da geral, com 38 pontos e está a 3 pontos do 3º lugar, a posição que a equipa deseja alcançar.

 

Segue-se a Final a 8 da Taça de Portugal , com jogo, na 5ª feira, com o Futsal Azeméis, pelas 14h30. o Campeonato regressa com a recessão ao Sporting a dia 7 de Abril.

 

No Campeonato nacional da 1ª divisão em futsal feminino o Grupo Desportivo de Valverde, nesta primeira época de estreia, não conseguiu somar os pontos necessários para garantir a manutenção. A equipa não fica a dever nada em qualidade à grande maioria das equipas que disputaram a zona sul. Para bem dizer apenas Benfica e Sporting mostraram estar muito à frente de todas as outras. O que terá faltado? Na nossa opinião, que vimos praticamente os jogos que o clube realizou em casa, faltou mais uma ou outra solução de banco. O plantel era curto, não em número de atletas, mas sim em numero de atletas com a experiência que uma prova deste tipo exige. Catarina Rondão em razão da tal falta de melhores soluções tinha necessidade de fazer jogar mais minutos as consagradas, obviamente, face ao desgaste, essas atletas quebravam em termos físicos na parte final das partidas. Era nessa altura que as adversárias chegavam a resultados que na maioria das vezes nada tinham feito por merecer. O Grupo Desportivo de Valverde adquiriu conhecimentos mas não conseguiu garantir a manutenção. O regresso aos distritais pode vir ser dramático para as atletas que rodaram a uma dimensão que o distrital de Castelo Branco não tem nem se perspectiva que alguma vez venha a ter. Manter este grupo de trabalho vai ser tarefa bem difícil para a direcção chefiada por Catarina Rondão. Oxalá o consigam de modo a que na próxima época possam garantir o regresso a este escalão nacional, onde, na nossa opinião, mereciam continuar.

 

Nas Taças Nacionais, as duas equipas femininas, juniores e seniores perderam os seus jogos. Na Taça Nacional de Juniores o GD Valverde recebeu o Modicus e perderam, por 1-4, na Taça Nacional de seniores , a Desportiva do Fundão jogou em Coimbra, com a Académica e saiu de lá goleada, por 11-0. Nas Taças nacionais dos escalões de formação masculinas, os três clubes do distrito registaram duas vitórias e uma derrota. Na Taça Nacional de Juniores o B.Boa Esperança jogou em Miranda do Corvo, com a Casa do Povo local e perdeu lá, por 5-3. O apuramento para a fase seguinte está completamente em aberto. Na Taça Nacional de Juvenis o G.D.Mata somou a segunda vitória e tem quase garantida a passagem à segunda fase da prova. Desta feita derrotaram a equipa do CF do Sabugal, por 8-0. Finalmente, Taça Nacional iniciados , A Associação Desportiva do Fundão, que se estreou na prova este sábado, recebeu a Escola de Desporto Carlos Franco de Paranhos da Beira e golearam, por 12-1. Nesta série ainda não se conhece a data para a realização do jogo que ficou adiado da primeira jornada, entre S. João e ADF.

 

Regressou o campeonato nacional da 2ª divisão em masculinos, com a fase de manutenção e os três clubes do distrito, que passaram com 50% dos pontos conquistados na primeira fase, duas conseguiram vitórias e uma foi derrotada em casa. O Ladoeiro recebeu na primeira jornada o Alhadense e deixou-se surpreender, por 0-2. O Cariense deslocou-se a Vila Verde e saiu de lá com os três pontos mercê da goleada, por 6-1. O Bairro da Boa Esperança recebeu em sua casa o Ferreira do Zêzere e no final puderam festejar o triunfo, por 4-3. Com estes desfechos o Boa Esperança ocupa o primeiro lugar, com 20 pontos, Cariense está no segundo lugar, com 18 e o Ladoeiro, tem 10 pontos e está em 6º, lugar que dá direito a regressar aos distritais. Na próxima jornada, que só acontece no dia 6 de Abril, o BB Esperança desloca-se a Pombal, para jogar com o Núcleo do Sporting local, o Cariense recebe o Granja Ulmeiro e o Ladoeiro desloca-se a Ferreira do Zêzere.

 

No distrital de Castelo Branco, a classificação começa a ficar definida para os play-offs. Com presença garantida estão o Retaxo, Casa do Benfica de Oleiros e G.D.Mata. Falta apenas apurar o 4º clube. Para já o Carvalhal Formoso tem vantagem por ter três pontos à maior sobre Penamacorense e V.Sernache, no entanto o Vitória recebe na última jornada o Carvalhal. A equipa de Filipe Sanches necessita apenas de um empate para se apurar. Mas há outras contas que podem ser feitas...

 

Ontem registou-se um acidente fatal em Inguias de que resultou a morte do jovem atleta do Carvalhal Formoso, Cristiano Januário (22 anos). Ele tinha acabado de jogar pela sua equipa para a jornada do distrital, tendo como adversário a Casa do Benfica de Oleiros, no qual marcou quatro dos seis golos da sua equipa,  despistou-se com a sua viatura, caiu num poço e perdeu a vida. Cris, como era conhecido, fez a sua formação no Cariense mas estava no Carvalhal Formoso à três épocas. A RCB manifesta o seu mais sentido pesar, à familia e também ao CECURDE de Carvalhal Formoso.

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados