RCB/TuneIn
Domingo, 19 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
SENTIR A QUARESMA NO TEIXOSO
Rádio Cova da Beira
√Č este o mote de um conjunto de actividades associadas √† quadra quaresmal que v√£o este ano ser recreadas naquela vila do concelho da Covilh√£. A iniciativa partiu da f√°brica da igreja em parceria com a comunidade de catequistas e pretende passar um legado √†s novas gera√ß√Ķes para que algumas das tradi√ß√Ķes n√£o se voltem a perder no tempo.
Por Nuno Miguel em 21 de Feb de 2019
De acordo com Mário Tavares, um dos responsáveis da comissão fabriqueira “o Teixoso sempre foi uma terra muita rica ao nível das tradições na altura da quaresma mas, a pouco e pouco, tudo foi morrendo. Mas nós sempre mostramos vontade em conseguir reproduzir essas iniciativas, como é o caso da procissão dos terceiros que não se realiza há mais de 70 anos. Agora temos um grupo jovem de catequistas, com muita dinâmica, e entendemos que havia todas as condições para recuperar algumas dessas tradições para mostrar aos nossos filhos e netos o que era o Teixoso antigamente e passar esse testemunho para que essas tradições não venham novamente a ser esquecidas”.    
Mas afinal o que torna esta procissão dos terceiros tão especial naquela vila? A resposta é dada pelo historiador Carlos Madaleno “é uma procissão que tem duas componentes; uma delas que é recreada por figurantes e outra por imagens de vulto que são transportadas em andores. Este ano vamos ter mais de 150 figurantes que, numa primeira parte vão recrear personagens bíblicas, algumas do antigo testamento, que remetem para a vinda do Messias. Depois seguem-se nalgumas figuras do novo testamento ligadas à quaresma e também um grande número de figurantes vai mostrar a história da ordem terceira franciscana que teve sempre uma presença muito vincada no Teixoso”.     
Para além do recrear desta procissão, a comunidade vai ainda promover um conjunto de outras actividades que decorrem sob o mote “Sentir a Quaresma no Teixoso” e que vão prolongar-se até à sexta-feira santa “vamos manter a procissão dos passos que, de acordo com os registos que existem, é a mais antiga de sempre no Teixoso, que começou a ser realizada pela confraria das almas a que depois se vieram associar os irmãos terceiros e a dar-lhe um novo fulgor. Temos depois o regrar dos passos que é uma manifestação que é única no concelho da Covilhã, o encomendar das almas durante a semana santa e na sexta-feira santa a procissão do enterro do senhor”.     
Alberto Matos, pároco da vila do Teixoso, sublinha que para além da importância de recrear estas tradições é fundamental que a comunidade se envolva de forma activa na sua organização sem perder o sentido da fé que surge associada a todo o período quaresmal “nós estamos a querer representar uma coisa à antiga e isso não é fácil porque não estamos há 50 anos atrás. Estamos aqui e agora. E temos de viver o hoje porque o amanhã não sabemos se existe. E temos de viver no amor, na caridade fraterna, na compreensão e acima de tudo viver estas manifestações com muita fé que é algo de que São Francisco foi o exemplo máximo”.   
A primeira iniciativa, a procissão dos terceiros, vai decorrer no próximo dia 17 de Março. Depois disso as actividades vão prolongar-se até dia 19 de Abril. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados