RCB/TuneIn
Terça, 19 Fev 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“TRINCA CEREJA” APAGAM 10 VELAS
Rádio Cova da Beira
Os “Trinca Cereja” comemoraram ontem o seu décimo aniversário. Uma festa que foi adiada uma semana para permitir a participação na manifestação de motociclistas que decorreu no passado dia 3 em Lisboa. Um adiamento por um motivo maior, justifica o presidente da direcção Simão Fonseca.
Por Paula Brito em 11 de Feb de 2019
 

“É as portagens, porque as motas pagam classe 5 mas só se tiverem dispositivo da via verde senão pagam como um carro, e as motas não interferem tanto com o asfalto, não dão tanto cabo das estradas, e reclamamos também do Imposto Automóvel que é fixo e não está muito diversificado.”

Os Trinca Cereja decidiram, no décimo aniversário, criar um novo logótipo, deixando para trás o que foi criado por um grupo informal de meia dúzia de amigos, há 10 anos atrás.

“Criámos um logótipo que era um bebé em cima da moto, era uma brincadeira, íamos às concentrações visitar os amigos e criámos esse símbolo para nos identificarmos que éramos do Fundão, da terra da cereja. Entretanto, estes seis amigos criaram o grupo motard que foi crescendo. Tudo cresceu e até o bebe passou a ser um homem em cima de uma mota. “

O grupo não só cresceu como arranjou casa nova, recuperando um imóvel, na rua da cale, recentemente inaugurado e que funciona como sede do motoclube. Assim sendo, a única prenda que pedem é “ter as pessoas connosco e gostarem do nosso trabalho.”

O almoço convívio reuniu, ontem no octógono, cerca de 200 motociclistas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados