RCB/TuneIn
Sexta, 23 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA O CANCRO
Rádio Cova da Beira
No Dia Mundial do Cancro, que se assinala esta segunda-feira, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) lança uma campanha global que pretende consciencializar todos os sectores da sociedade a mudar comportamentos, com vista a combater as doenças oncológicas em Portugal.
Por Paulo Pinheiro em 04 de Feb de 2019
“Eu Sou e Eu Vou” pretende mobilizar a população, nesta data, para uma acção nacional que visa unir a população na luta contra o cancro, ao mesmo tempo que sensibiliza para a literacia em saúde e reforça a importância da equidade no acesso aos cuidados em oncologia.  Através de sessões de sensibilização na comunidade, escolas e unidades hospitalares; actividades desportivas; e forte divulgação digital, nomeadamente nas redes sociais, “Eu Sou e Eu Vou” explora como, individual e colectivamente, pode(mos) agir, de forma a que as atitudes tenham um impacto real na luta contra o cancro. Trata-se de um apelo à acção, dando o poder ao indivíduo e desafiando-o a um compromisso pessoal. Pequenas acções individuais podem ter o poder de reduzir o impacto do Cancro no próprio, nos outros e no mundo.  Para Vítor Rodrigues, Presidente da Direcção da Liga Portuguesa Contra o Cancro, "a luta contra o cancro constitui uma actividade global, de toda a sociedade, com forte aposta na literacia em saúde que facilite a alteração de hábitos de vida não saudáveis, na disponibilização de recursos de saúde adequados à população e no apoio ao doente oncológico e aos seus familiares." A campanha é promovida a nível mundial pela União Internacional de Controlo do Cancro (UICC), decorrendo no triénio 2019-2021 e operacionalizada em Portugal pela LPCC, associada da UICC desde 1983. Sobre o cancro • Em Portugal morrem 79 pessoas por dia, três pessoas por hora vítimas de cancro; * • A previsão para 2040 é de um aumento de 31% da mortalidade; * • O cancro da mama, da próstata, do colón e do pulmão são os que têm maior incidência; * • Em 2018, cinco milhões de casos no mundo poderiam ter sido detetados mais cedo e tratados eficazmente. **   * Segundo dados do Observatório Global de Cancro (Globocan, 2018), em 2018. ** União Internacional de Controlo do Cancro.  
 Esta segunda-feira, decorre a cerimónia de apresentação de nova unidade de Rastreio de Cancro da Mama e resultados globais na Região Centro  O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC) procede a inauguração da quinta unidade móvel de rastreio de cancro da mama (de uma série de oito novas unidades móveis).  A ocasião é aproveitada para o núcleo apresentar os resultados globais do Rastreio de Cancro da Mama, na região centro. 
 A cerimónia decorre pelas 11h00, na Unidade de Saúde Familiar (USF) Estrela do Dão, em Nelas.* O evento contará com as presenças de Vítor Rodrigues, Presidente da Direcção da LPCC.NRC; Rosa Reis Marques, Presidente da Administração Regional de Saúde do Centro; João Pedro Pimentel, Director de Saúde Pública; e Maria Rosário Tomás, Coordenadora da USF Estrela do Dão.  A nova unidade móvel e outras três que o Núcleo Regional do Centro vai adquirir, ainda este ano, representam cerca de 2,3 milhões de euros de investimento no diagnóstico precoce de cancro da mama.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados