RCB/TuneIn
Sexta, 23 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FALECEU JOAQUIM GARRA
Rádio Cova da Beira
Músico desde os 10 anos, tecia os fios da existência entre os teares enquanto operário têxtil e as pautas, tal como os instrumentos, que fizeram dele um dos melhores e mais abnegados das bandas filarmónicas.
Por Paulo Pinheiro em 01 de Feb de 2019

Apaixonado pela Banda da Covilhã não passava um dia sem visitar a instituição que considerava como o prolongamento da sua casa.  Admiração reconhecida pelos actuais dirigentes que em 5 de Outubro de 2018 juntaram cerca de 200 músicos, de quatro bandas, para em uníssono tocaram, "Maria Adelaide" a música que Joaquim Garra compôs em homenagem à falecida esposa.

Joaquim Garra faleceu esta sexta-feira vítima de doença prolongada. O corpo está em câmara ardente na Igreja dos Penedos Altos onde amanhã, 2 de Fevereiro, se realizam as cerimónias fúnebres, a partir das 15:30h, com a presença dos músicos da Banda da Covilhã que darão o seu contributo póstumo através da música. A direcção da instituição decidiu colocar as bandeiras a meia haste em memória do músico, que actualmente era vice-presidente da assembleia-geral. 

À família enlutada, a RCB endereça sentidos pêsames, nomeadamente a Luís Garra, coordenador da União de Sindicatos de Castelo Branco.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados