RCB/TuneIn
Domingo, 17 Fev 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
BELMONTE: TARIF√ĀRIOS PODEM SUBIR EM 2019
Rádio Cova da Beira
O presidente da c√Ęmara de Belmonte admite que as tarifas de √°gua, recolha e tratamento de res√≠duos e tratamento de √°guas residuais podem vir a ser aumentadas este ano no concelho. A hip√≥tese foi admitida na √ļltima reuni√£o p√ļblica do executivo onde foi apresentado o relat√≥rio da entidade reguladora do sector e onde √© afirmado que o valor arrecadado actualmente pelo munic√≠pio √© insuficiente para fazer face aos custos que comportam a presta√ß√£o desses tr√™s servi√ßos.
Por Nuno Miguel em 27 de Jan de 2019
Por isso António Dias Rocha sublinha que a autarquia quer avaliar a situação, mas sem sobrecarregar em demasia os valores que actualmente são praticados “não queremos explorar os munícipes de Belmonte e esperamos ter a compreensão deles se tivermos de tomar medidas no sentido de aumentar os tarifários. Vamos dialogar o mais possível com as forças vivas do concelho e com toda a população mas temos de enfrentar esta realidade, sobretudo quando já se fala que a partir de 2021 pode existir até um aumento das tarifas em anos que sejam considerados de seca”. 
Há no entanto uma garantia que o autarca deixa às populações. Todas as situações de incumprimento vão começar a ser penalizadas “eu afirmei que não iria cortar a água a ninguém por falta de pagamento, mas essa situação não se pode manter. Isso é até injusto para aqueles que estão a cumprir com o pagamento dos seus consumos. Há pessoas que não o estão a fazer e vão sofrer as consequências se não pagarem as suas dívidas. Estamos a estudar a forma de poder repartir o pagamento, para auxiliar os devedores, mas é certo que vão ter de pagar”.  
Já em relação ao diferendo que existe a propósito das dívidas ao sistema de abastecimento de água em alta, António Dias Rocha sublinha que na próxima segunda-feira vai reunir com o ministro do ambiente e com responsáveis da empresa “Águas do Tejo” no sentido de encontrar uma solução definitiva para esse problema “estamos já na fase final de um entendimento para a regularização das dívidas dos municípios em relação às águas. Penso que na próxima segunda-feira serão as reuniões finais para se chegar a um acordo, havendo a possibilidade de um pagamento em 25 anos. Depois de esse assunto estar encerrado temos de analisar muito bem a situação do nosso concelho e admito que o valor das tarifas actuais pode ser aumentado”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados