RCB/TuneIn
Sábado, 19 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BODO EM JANEIRO DE CIMA COM GRANDE ADESÃO
Rádio Cova da Beira
A Festa do Bodo em honra de S. Sebastião, em Janeiro de Cima (Fundão), é um dos momentos mais importantes do calendário anual para os naturais e residentes naquela aldeia do xisto.
Por Paulo Pinheiro em 25 de Jan de 2019

Também conhecida pela “Festa do Pão “este foi um dos anos com maior adesão”, refere à RCB um dos participantes. A ideia é partilhada pelo presidente da junta de freguesia, Ilídio Martins, que destaca a importância da festa para os janeirenses. Maria dos Anjos, com 83 anos, é testemunha que “hoje a festa nada tem a ver com aquilo que se fazia há muitos anos. Agora é melhor”, disse. Ricardo, 36 anos, veio da Suíça “só quem vice por dentro a festa sabe do valor que ela tem”, afirma

 

OIÇA AQUI EM:  https://audiomack.com/s…/cova-da-beira/janeiro-de-cm-bodo-5…

 

Neste dia a Aldeia do Xisto de Janeiro de Cima está em festa. Reza a lenda que S. Sebastião salvou os habitantes de Janeiro de Cima de uma grave epidemia. Todos os anos, a aldeia, em forma de agradecimento, celebra a Festa do Bodo.

 

Em meados do século XVIII, a população de Janeiro de Cima foi assolada por uma forte epidemia que causou inúmeras vítimas. Desta forma, os habitantes de Janeiro de Cima pediram emprestada a imagem de S. Sebastião, advogado das fomes, pestes e guerras, a Janeiro de Baixo, aldeia vizinha próxima.

 

Os moradores desta aldeia, com receio de contágio, não permitiram a aproximação dos habitantes de Janeiro de Cima, mas na madrugada do dia seguinte atravessaram a imagem do seu santo numa barca e depositaram-na na outra margem do Zêzere regressando rapidamente à sua aldeia.

 

Como o santo terá ouvido as preces e afastado a epidemia, Janeiro de Cima cumpriu a sua promessa edificando-lhe uma capela com imagem. Este agradecimento perpetua-se anualmente com a Festa do Bodo, a 20 de Janeiro.

 

Na celebração, os mordomos contribuem para um bodo, de pão e vinho, que após ter simbolicamente percorrido em procissão, as ruas da aldeia e subido ao monte da capela do santo, ali é servido a toda a comunidade.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados