RCB/TuneIn
Terça, 19 Fev 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“QUESTÃO AINDA ESTÁ A SER AVALIADA”
Rádio Cova da Beira
A presidente da administração regional de saúde do centro garante que ainda não há nenhuma decisão tomada em relação à possibilidade de ser criada uma unidade local de saúde na Cova da Beira à semelhança do que já aconteceu em Castelo Branco e na Guarda.
Por Nuno Miguel em 19 de Jan de 2019
Á margem da cerimónia comemorativa do 19º aniversário do centro hospitalar e universitário da Cova da Beira, Rosa Reis Marques garante que o assunto continua a ser analisado mas mostra-se mais favorável à manutenção do actual modelo, que conjuga o centro hospitalar com o agrupamento de centros de saúde, por ser um sistema mais pequeno e que mais facilmente pode dar resposta às necessidades das populações “não nos podemos esquecer que este centro hospitalar tem características muito próprias, sobretudo porque tem duas unidades, tem paliativos e tem um ACES pequeno e muito gerivel. A questão nos outros casos terem sido criadas ULS tem a ver com a extensão ou com a existência de sub regiões. E tudo isso faz pesar para a implementação de alguns modelos. A maior parte dos nossos ACES na região centro estão sobredimensionados, não tem grande capacidade ao nível da gestão porque são muito grandes ao contrário do que acontece no agrupamento da Cova da Beira, que é muito sustentável e tem o tamanho ideal”.   
De qualquer forma, a presidente da ARS sublinha que a questão continua a ser avaliada mas as características específicas do centro hospitalar e a sua classificação como unidade universitária não podem ser descuradas no âmbito deste processo, a par da sua sustentabilidade financeira “este hospital precisa de ser mais sustentável, é preciso olhar para a sua especificidade no contexto da Beira Interior e das suas missões. Não podemos esquecer que, mesmo dentro do contexto das ULS, há algumas mais urbanas e outras mais rurais e isso também nos permite ir avaliando quais são as mais valias e os constrangimentos que existem. É algo que vamos avaliar com todo o cuidado porque este hospital precisa de ganhar sustentabilidade porque ele é fundamental e ainda para mais agora que é um hospital universitário e portanto vamos dar um passo de cada vez”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados