RCB/TuneIn
Segunda, 22 Abr 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
BARROCA: ENVELHECIMENTO PREOCUPA JUNTA
Rádio Cova da Beira
A junta de freguesia de Barroca, no concelho do Fundão, mostra-se muito preocupada com o índice de envelhecimento da aldeia. Os idosos são cada vez em maior número e as crianças escasseiam.
Por Paulo Pinheiro em 17 de Jan de 2019

O presidente da autarquia, que saudou ontem o aniversário de uma das cidadãs mais idosas do concelho do Fundão, que completou 104 anos, não esconde o receio para o futuro relativamente à falta de crianças

“O ano passado registámos apenas um nascimento e como em todas as freguesias o envelhecimento da população constituiu um problema. ´uma grande preocupação porque estamos a ver as nossas aldeias cada vez mais desertificadas e não há juventude. Os jovens saem porque não têm trabalho”, refere o autarca à RCB.   

 

Rogério Gonçalves venceu as autárquicas de 2017 e cumpriu o primeiro ano do mandato. Um período de adaptação e aprendizagem diz o presidente da junta

 

“Quando entrei para a junta de freguesia, o que aconteceu pela primeira vez, vinha de olhos fechados e não sabia como isto funcionava. Foi um ano de adaptação e de aprendizagem porque quando se está fora julgamos que funciona de uma maneira e quando estamos cá dentro percebemos que é outra. Quanto aos projectos que temos, este ano queremos cumprir a promessa feita aos habitantes da anexa do Alqueidão”

 

Foi um dos poucos compromissos assumidos em campanha eleitoral, mas que o autarca quer executar. Rogério Gonçalves sublinha a importância de uma via com cerca de um quilómetro

 

“As pessoas do Alqueidão deslocam-se diariamente a Dornelas e utilizam muito esta via para diferentes fins. Já analisamos com a CMF o caminho, que de Inverno é muito difícil de transitar devido ao gelo, porque é uma zona muito sombria. Há vários anos que a população do Alqueidão reivindica uma via como deve ser e, por isso, prometi e quero cumprir este objectivo”, refere Rogério Gonçalves  

 

Barroca, a freguesia que também é conhecida pelas figuras rupestres, vê no turismo uma das maiores apostas para o sustentabilidade da aldeia.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados