RCB/TuneIn
Quinta, 25 Abr 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CORTES DO MEIO: BALDIO ELEGE NOVOS ÓRGÃOS
Rádio Cova da Beira
Jorge Viegas é o novo presidente do conselho directivo do baldio de Cortes do Meio. O actual presidente da junta de freguesia encabeçou a única lista que se apresentou a sufrágio, tendo recolhido 97 votos a favor dos 111 compartes que exerceram o seu direito de voto.
Por Nuno Miguel em 16 de Jan de 2019

Outras da categoria:

O acto eleitoral decorreu na sequência da demissão dos anteriores órgãos sociais, na sequência de uma assembleia geral que decorreu no passado dia quatro de Dezembro, e onde não foram votados o plano de actividades e orçamento para 2019 uma vez que a população entende que devia ser o actual executivo da junta a gerir o baldio e não a equipa que desempenhou funções autárquicas entre 2013 e 2017.
Ao tomar posse para estas novas funções, Jorge Viegas definiu como principal prioridade devolver o baldio à comunidade cortense “isso não é um ataque pessoal a ninguém nem um ataque aos órgãos cessantes, é sim aquilo que esta lista quer dizer que é devolver o baldio à comunidade de Cortes do Meio. Vamos trabalhar para criar melhores condições para os nossos compartes, gerar riqueza no baldio da freguesia, valorizá-lo, e se possível fazer obra em prol dos compartes. Vamos ser proactivos na captação de novos recursos para o baldio e 6temos noção de que há muito trabalho a fazer”.    
O novo presidente do conselho directivo do baldio de Cortes do Meio garantiu ainda que uma das primeiras medidas a tomar será a convocação de uma assembleia geral para que exista uma delegação de competências dos compartes na junta de freguesia, para que no futuro o presidente da autarquia seja eleito automaticamente como líder do conselho directivo “não faz sentido ter uma freguesia separada e tenho pena que os órgãos agora cessantes só tenham percebido isso quando foi necessário uma manifestação popular de que o povo não quer o baldio desunido da junta de freguesia. E como eu não quero deixar a ninguém o mesmo legado que me deixaram a mim, uma das primeiras coisas que vou pedir ao novo presidente da assembleia geral é que um dos pontos da ordem de trabalhos seja a delegação de competências na junta de freguesia. Hoje é este executivo que vai ficar a gerir os destinos do badio. Daqui por três anos, em eleições democráticas, o próximo presidente será ele também a gerir o destino do baldio”.  
Já em relação aos restantes órgãos sociais, Ilídio Reis presidente à mesa da assembleia geral e Raquel Duarte ao conselho fiscal. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados