RCB/TuneIn
Domingo, 17 Fev 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
ORÇAMENTO “IRREALISTA, FICTÍCIO E DESCABIDO DE EXECUÇÃO”
Rádio Cova da Beira
É desta forma que o eleito do CDS/PP na assembleia da união de freguesias de Teixoso e Sarzedo vem classificar os documentos referentes às grandes opções do plano e orçamento da junta para 2019 e que foram aprovados por maioria na última reunião do órgão que decorreu no passado dia 27 de Dezembro.
Por Nuno Miguel em 15 de Jan de 2019
De acordo com Paulo Silvino “os planos de investimento e orçamento para 2019 mais não são que uma mera cópia do anterior, não contemplando verbas nem recursos que assegurem a execução de qualquer projecto relevante para as freguesias do Teixoso e Sarzedo”. O eleito do CDS recorda que “já em 2018 os documentos tinham sido, por nós classificados como demasiado ambiciosos, uma vez que foram propostos protocolos no valor de 150 mil euros mas todos os indicadores de execução foram, até à data, nulos.
Já em relação ao mapa de pessoal da junta de freguesia para 2019, o eleito do CDS/PP votou a favor do documento. No entanto Paulo Silvino alerta que o documento “não apresenta contemplada a possibilidade de abertura de procedimentos concursais, e uma vez que ainda se encontram funcionários no regime de precariedade, há vários anos, sem que tenham sido integrados pelo último procedimento de regularização”.
Paulo Silvino refere que não ficou indiferente “às afirmações proferidas pelo executivo no que disse respeito à selecção dos funcionários que viram o seu vínculo precário regularizado, tendo afirmado que se encontram no «segredo dos deuses» as escolhas por parte da câmara da Covilhã e que, provavelmente, nunca se saberá o porquê de terem sido escolhidos aqueles funcionários e não outros, sendo certo que permanecem as dúvidas acerca da integração de trabalhadores com menos tempo de serviço em detrimento de outros com maior antiguidade”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados