RCB/TuneIn
Quinta, 27 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“É URGENTE RESOLVER ESSE ASSUNTO”
Rádio Cova da Beira
O presidente da faculdade de ciências da saúde da universidade da Beira Interior espera que a unidade de cardiologia de intervenção, que foi anunciada para o centro hospitalar e universitário da Cova da Beira possa entrar em funcionamento o mais depressa possível.
Por Nuno Miguel em 09 de Jan de 2019
O prazo avançado para a inauguração dessa nova valência era no mês de Outubro do ano passado mas, passados mais três meses, a região continua a aguardar pela chegada desse serviço “a unidade de intervenção cardiovascular é fulcral até para resolver o problema da acessibilidade por parte dos cidadãos. Uma pessoa que sofra aqui um enfarte do miocárdio deve ter as mesmas condições de tratamento que existem em Lisboa, no Porto ou em Coimbra e actualmente não tem. É urgente que isso seja resolvido e eu espero que isso possa acontecer rapidamente. Sabemos que já existem alguns atrasos uma vez que o prazo que foi anunciado foi Outubro de 2018, embora na altura me parecesse um prazo surrealista, mas é urgente e muito importante a sua implementação”.      
De acordo com Miguel Castelo Branco o mesmo se passa em relação à substituição de alguns equipamentos em vários hospitais da região e também à instalação do serviço de medicina nuclear na vertente de diagnóstico no hospital do Fundão “estamos a falar de mais um serviço que é fundamental existir na nossa região uma vez que o facto de ele não estar aqui a funcionar leva a que as pessoas tenham de se deslocar a outros pontos do país para fazer exames que são normais no dia a dia. Assim como também é muito importante que se pense na renovação do parque de equipamentos, que com o passar dos anos vão ficando ultrapassados e necessitam de ser renovados. Nos dias de hoje a medicina passa também muito pela presença de equipamentos adequados às necessidades das populações. Por exemplo a instalação de uma ressonância é outro equipamento que é cada vez mais necessário”.   

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados