RCB/TuneIn
Sábado, 23 Mar 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PJ REALIZA BUSCAS NA MISERICÓRDIA DA COVILHÃ
Rádio Cova da Beira
O provedor da santa casa da misericórdia da Covilhã garante que não está preocupado com a realização de buscas na sede da instituição por parte da Policia Judiciária. A operação decorreu ainda durante o mês de Dezembro e foi confirmada à RCB pelo provedor da instituição.
Por Nuno Miguel em 08 de Jan de 2019
De acordo com Neto Freire “estas buscas decorreram na sequência de uma carta anónima enviada há um ano e agora vieram recolher elementos para comprovar se realmente é verdade ou não aquilo que está escrito nessa carta. Uma das questões que era levantada era saber porque é que a misericórdia ajudou o «Notícias da Covilhã». Ele foi ajudado pela misericórdia porque se trata de um jornal de matriz cristã. Apontam outros problemas como a entrada de algumas pessoas na instituição. Houve necessidade de reestruturar os nossos serviços, houve necessidade de admitir pessoas de confiança e de criar departamentos de controlo. Isso foi colocado em questão, vieram verificar a situação, vamos aguardar e eu espero que tudo seja clarificado para que as coisas não fiquem no ar”.       
Durante estas buscas, os inspectores da Policia Judiciária recolheram cópias de vários documentos contabilísticos e também os livros de actas da instituição, que entretanto já foram devolvidos. Neto Freire garante que está de consciência tranquila “não estou preocupado com a situação. Fico até satisfeito que nestas instituições, quando se levantam suspeitas deste tipo numa carta anónima, que é algo que eu repúdio, depois o estado venha verificar. Eu até fico satisfeito que tenham cá vindo analisar alguns documentos, levar cópia deles para os verificar e depois tudo isto vai ter um desfecho. Eu concordo que o próprio estado, com a máquina que tem, verifique quando alguém tem dúvidas e coloca em causa a gestão. Não estou minimamente preocupado”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados