RCB/TuneIn
Quarta, 19 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CMC: DINAMIZAÇÃO DO CENTRO HISTÓRICO MOTIVA TROCA DE ARGUMENTOS
Rádio Cova da Beira
Maioria e oposição na câmara municipal da Covilhã fazem uma avaliação diferente do trabalho realizado pela autarquia em torno da dinamização do centro histórico da cidade. O tema esteve em cima da mesa na última reunião pública do executivo.
Por Nuno Miguel em 06 de Jan de 2019
De acordo com o presidente da autarquia “nunca se assistiu, como agora, a uma revitalização do centro associada à recuperação de edifícios antigos”. Para além disso, Vítor Pereira sustenta que há várias apostas que foram concretizadas e com resultados muito positivos “eu lembro-me que alguns profetas da desgraça vaticinavam uma hecatombe com as natas e elas são um estrondoso sucesso que trás gente à Covilhã. Obviamente que não se trata de um produto endógeno da nossa região mas a verdade é que a frequência e o número de pessoas que vem propositadamente ao centro da cidade para frequentar aquela casa falam por si. Dar vida ao centro da cidade é algo que nós pretendemos”.   
Visão diferente é apresentada pelo eleito do movimento “De Novo Covilhã”. Carlos Pinto considera que ao longo do último ano foram feitos diversos anúncios mas com poucos efeitos práticos “o deslumbramento que o senhor presidente tem relativamente à venda dos pastéis de Lisboa no edifício não é unânime. Por exemplo eu discordo disso e sobretudo da afectação do espaço nos paços do concelho e estou muito bem acompanhado nessa medida por várias gerações de presidentes de câmara que nunca tal permitiram. Como também esse afã de ocupar espaços leva a que o município tenha adquirido o edifício dos antigos correios, mesmo ao lado da câmara, e onde nada acontece. E também me surpreende como é que veio ao executivo há vários meses a compra do antigo edifício do «Banco de Portugal» para a «ADC» e onde também não acontece nada. Não sei se isso também faz parte dos bons anúncios sobre a dinamização do centro da cidade”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados