RCB/TuneIn
Quarta, 19 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
REGIÃO NÃO PODE ESPERAR PELO GOVERNO
Rádio Cova da Beira
Mensagem de natal do Primeiro-ministro em relação ao interior é “única”, mas António Costa não explica como pensa valorizar o território do interior e aproveitar o seu potencial, tal como não explica como pensa superar o desafio demográfico.
Por Paula Brito em 31 de Dec de 2018

Outras da categoria:

É a análise do porta-voz do movimento de empresários pelo Interior à mensagem de António Costa.

“É com o plano de coesão territorial que se vai inverter o processo de esvaziamento contínuo na Beira Interior quando se perdem 3 mil pessoas por ano? É com o plano de coesão territorial que se vai atrair mais investimento para a Beira Interior? É com as portagens mais caras do país que se vão atrair mais turistas, mais professores do ensino superior ou mais especialistas na área da saúde para a Beira Interior? E finalmente, é com planos de coesão que não tem qualquer estratégia por detrás? O que nós temos é uma grande dose de promessas e boa vontade e não passamos disto.”

Apesar de expectantes em relação à vinda, já no início do ano, para o distrito, da secretaria de estado da valorização do interior, o movimento de empresários Pelo Interior e a plataforma que integra juntamente com outras associações empresariais, sindicatos e movimentos cívicos, entende que deve ser a região a agir, e não a estar à espera do governo.

“O que a nossa plataforma de desenvolvimento regional, nós não podemos esperar que seja o governo a resolver os nossos problemas, essa agência é a única forma de captarmos investimento, mostrarmos ao mundo que a Beira Interior existe, todos os produtos certificados que existem nesta região têm que ser colocados no mercado global, e depois é que poderemos conseguir convencer o governo que é preciso benefícios fiscais e financeiros para a nossa região, para as empresas que já existem e para aquelas que se pretendam criar.” Refere Luís Veiga sobre a agência de desenvolvimento para o interior que deverá emergir em 2019. 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados