RCB/TuneIn
Sexta, 18 Jan 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
“LEVANTAMENTO DAS NECESSIDADES JÁ ESTÁ A SER EFECTUADO”
Rádio Cova da Beira
A secretária de estado da cultura afirma que a requalificação do património edificado vai ser uma das grandes prioridades no desenho do quadro comunitário de apoio 2020/2030.
Por Nuno Miguel em 25 de Dec de 2018
Em recente visita à região, Ângela Ferreira refere que até final do actual quadro comunitário vão ser investidos em toda a região centro cerca de 22 milhões de euros nessa área, mas o trabalho está ainda longe de estar concluído. Por isso está já a ser feito, em articulação com as comissões de coordenação, um levantamento das necessidades a inscrever no próximo quadro comunitário “neste momento já estou a trabalhar com as direcções regionais de cultura no sentido de desenhar aquilo que é preciso para acabar com a requalificação do património edificado. Já muito foi feito ao nível da região centro, onde neste quadro comunitário investimentos 22 milhões de euros nesta área, e há obras ainda a decorrer. Na reprogramação de verbas vão ser feitos ainda mais investimentos na zona centro e estamos já a trabalhar, como disse, no levantamento do que ainda falta fazer”.  
Embora o levantamento esteja ainda a ser efectuado, Ângela Ferreira admite que deve ser necessário um investimento de igual montante para se conseguir concluir esse trabalho de requalificação patrimonial “provavelmente vamos precisar de uma verba idêntica mas enquanto esse levantamento não estiver terminado eu não posso dizer se 22 milhões de euros são suficientes ou se é preciso mais. A obra de reabilitação do edificado é um projecto grande, sendo que há vários edifícios que estão sob a tutela do estado e muitos deles sob a tutela dos municípios que precisam de ajuda na sua reabilitação”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados