RCB/TuneIn
Domingo, 18 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
LAT COM EXPOSIÇÃO DE PRESÉPIOS DO MUNDO
Rádio Cova da Beira
A terceira edição desta iniciativa que tem vindo a ser dinamizada pela Liga dos Amigos do Tortosendo (LAT) junta, uma vez mais, artigos de todos os cantos do mundo, mas também peças nascidas naquela freguesia. Está aberta mais uma mostra de presépios na vila do Tortosendo.
Por Paulo Pinheiro em 23 de Dec de 2018

Outras da categoria:

Com recurso a pequenas pedras, a pinhas, a pedaços de madeira, frutos secos e cascas de nozes de romãs e outros frutos, António Carriço reproduziu figuras, lugares e episódios que compõem um presépio único no mundo agora patente na Rua dos Loureiros, juntos à Gráfica do Tortosendo. Uma das principais novidades deste ano surge pelas mãos de António Carriço. O artista natural do Tortosendo e que desenvolve a sua arte através da marca própria “Arte Louca” produziu um presépio tendo por materiais apenas produtos da terra.

Este é apenas um exemplo do que pode ser apreciado até ao próximo dia 5 de Janeiro de 2019, Dia de Reis, durante os fins-de-semana. A esta obra de arte juntam-se mais de meia centena de presépios que compõem a terceira edição desta iniciativa que a Liga dos Amigos do Tortosendo promove todos os anos. Eduardo Alves, presidente da instituição lembra que este é já um dos momentos que compõem o calendário cultural da maior vila do concelho da Covilhã, que este ano tem um vasto leque de actividades.

“Para além de apresentar sempre novidades aos visitantes existe o cuidado de promover junto dos nossos expositores o interesse por trazerem também eles peças que nunca tenham sido exibidas”. Para além do presépio concebido propositadamente para esta mostra “temos um outro, propriedade do artista e expositor Mário Gaspar, composto por cerca de uma centena de peças que nunca tinha totalmente montado e que se mostra agora à população”.

Trata-se de um conjunto único a que se juntam também presépios do mundo trazidos por António João Fonseca, Marta Dias e Alfredo Dias e David Russo, Sofia Alves Russo e José Diamantino. Estes três últimos são responsáveis por um dos maiores presépios da Cova da Beira. Um retrato de uma aldeia de Belém, com mais de uma dezena de metros quadrados onde cerca de 500 peças dão forma a esta comunidade. Cerca de uma semana de trabalho realizado por José Diamantino e David Russo, na montagem do espaço que a pequena Sofia Alves Russo ajuda a complementar com a colocação meticulosa das imagens.

 

Eduardo Alves aponta também outra das novidades deste ano. A LAT “lançou também o desafio a outras instituições parceiras, nomeadamente a EB 2/3 do Tortosendo e à Escola de Tempos Livres, que prontamente acederam ao repto e trouxeram para a nossa mostra um conjunto muito significativo de trabalhos realizados pelos alunos”, explica. Uma ligação muito significativa à qual se acrescenta a Junta de Freguesia do Tortosendo que apoia a promoção do evento. A mostra pode ser visitada até ao início do próximo ano entre as 9 e as 17 horas, aos fins-de-semana. 

 

c/ AE 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados