RCB/TuneIn
Segunda, 17 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
FUNDÃO QUER CRIAR NOVO ESPAÇO EMPRESARIAL
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal do Fundão vai apresentar uma candidatura para a construção de um novo edifício que ligue o actual centro de negócios (pavilhão multiusos) e a incubadora da antiga praça. Um investimento que ronda os quatro milhões de euros e pretende dar resposta ao facto de os dois espaços existentes terem a sua capacidade lotada.
Por Nuno Miguel em 05 de Dec de 2018

De acordo com Paulo Fernandes “a nossa intenção é criar um novo espaço. O projecto vai ser apresentado brevemente um novo edifício que vai ligar aquilo que é a antiga praça com o centro de negócios. O edifício está previsto para ficar num espaço de estacionamento próximo da escola da Senhora da Conceição, que vai ter também uma componente de laboratórios de base tecnológica, e que temos pensado para continuar a atrair ainda mais empresas e aquelas aqui se possam desenvolver numa área entre os quatro e os cinco mil metros quadrados”.  

A construção deste edifício é um de três projectos ao abrigo do PEDU que a autarquia deve apresentar publicamente até final deste ano e onde também estão incluídos o edifício da actual praça e a requalificação do cine teatro Gardunha. Na última reunião pública do executivo a vereadora do PS, Joana Bento, defendeu que  o espaço da praça deve ser  transformado numa montra de dinamização das potencialidades do concelho “a nossa proposta a este executivo, até porque os documentos provisionais de 2019 ainda não chegaram e há tempo de os consagrar, passa por fazer daquele edifício uma montra da cidade e do concelho do Fundão e dos 365 dias à descoberta. Gostaríamos de ter uma praça que não estivesse fechada no período da tarde, que estivesse aberta num período mais alargado, que seja funcional e que tenha em conta os melhores produtos do concelho, que ali possam estar em promoção, numa centralidade que o próprio edifício tem a par de uma requalificação de toda a zona envolvente”. 

 
Na resposta, Paulo Fernandes referiu “aquilo que nós pretendemos é criar uma pequena estrutura, mesmo junto ao edifício da actual praça, e que possa permitir um «mix» de os produtores estarem muito mais expostos para o exterior e todas as pessoas que passam na rua irem ao encontro deles mas com a dupla possibilidade de em dias de inverno mais rigoroso poderem recorrer ao espaço onde estão mas sem deixar de ter essa passagem para O outro projecto que faz parte desta intervenção é a requalificação do cine teatro Gardunha. Um investimento a rondar os três milhões de euros e cujo concurso público, de acordo com Paulo Fernandes, pode ser lançado em Março ou Abril de 2019. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados