RCB/TuneIn
Terça, 10 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“O TEIXOSO ESTÁ DE LUTO”
Rádio Cova da Beira
Foi na qualidade de cidadão que o antigo presidente da união de freguesias de Teixoso e Sarzedo promoveu, no último sábado, uma reunião com a população para analisar o problema relacionado com a redução do horário de funcionamento do posto da GNR daquela vila.
Por Nuno Miguel em 27 de Nov de 2018
Várias dezenas de pessoas marcaram presença no encontro e onde José Valério anunciou que vão ser desenvolvidas várias formas de luta no sentido de travar o encerramento do posto “vou lançar uma campanha de recolha de assinaturas a toda a gente porque só com essas assinaturas é que eu posso chegar a algum lado e garanto que se dessa forma não conseguir chegar a algum lado, vamos alugar autocarros e vamos a Lisboa. Ainda ontem me ligaram a avisar, eu fui ao posto de já verifiquei que a antena começou a ser desmontada. Portanto o posto é para encerrar. Mas podem ter a certeza que essas assinaturas vão chegar até ao senhor Presidente da República e irei lá pessoalmente levá-las se for necessário, com o meu carro, e nem preciso que me paguem o combustível nem as portagens”. 
O actual líder da bancada do movimento “Teixoso em Mudança” na assembleia da união de freguesias não poupou ainda nas críticas ao comportamento do executivo da junta em todo este processo “no dia nove de Novembro o senhor presidente da câmara disse, no final da reunião de câmara, o que ia acontecer mas a nossa junta esqueceu-se que devia actual logo. E só quando as pessoas me pediram para marcar esta reunião é que eles marcaram uma assembleia de freguesia para quarta-feira. A junta de freguesia não precisa de lá ter um presidente a tempo inteiro, precisa é de estar na rua e é isso que não está a acontecer. Esta junta vale mais pedir a demissão porque só está lá a prejudicar os teixosenses. Eu, no lugar deles, estava aqui a dar a cara e a pedir desculpa às pessoas e não apareceram porque tem vergonha. Agora na quarta-feira não haviam de ter ninguém, que eu queria ver o que é que resolviam”.    
José Valério considera que o Teixoso está de luto com esta medida de redução de horário de atendimento do posto da GNR e chegou mesmo a apresentar uma solução mais radical “porque é que não fecharam na Covilhã? Na Covilhã está lá a polícia. Então passem a GNR aqui para o Teixoso. Na Covilhã não precisam lá dela. Sinceramente eu tenho fé de que vamos conseguir ter aqui o posto. O Teixoso está de luto e é muito triste isto acontecer na nossa terra”.  
Para amanhã à noite está agendada uma reunião extraordinária da assembleia de freguesia e onde o tema vai estar novamente em cima da mesa.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados