RCB/TuneIn
Domingo, 16 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SECTOR DO MEL REIVINDICA MAIS APOIOS
Rádio Cova da Beira
O presidente da federa√ß√£o nacional dos apicultores lan√ßou um apelo ao governo no sentido de concretizar as tr√™s principais reivindica√ß√Ķes do sector para o futuro desta actividade em Portugal.
Por Nuno Miguel em 20 de Nov de 2018
Aproveitando a presença do secretário de estado da agricultura, que marcou presença na feira nacional do mel, que este ano decorreu em Castelo Branco, Manuel Gonçalves não perdeu a oportunidade para solicitar ao governante mais apoios em três áreas que considera decisivas “a primeira diz respeito ao financiamento do programa apícola nacional, que vai de 2020 a 2022, e que é o único elemento que permite que todas as organizações possam ter um técnico e os resultados dessa aposta já hoje são aqui visíveis. Também não podemos deixar de referir a reforma da política agrícola comum, que está actualmente em discussão, e de sublinham a importância de políticas específicas para este sector e que não discrimine os apicultores em relação a outros produtores. Finalmente, queremos deixar aqui um desafio ao senhor secretário de estado para que faça sua a luta dos apicultores portugueses e que proponha alterações em Bruxelas relativas à rotulagem do mel”.   
Reivindicações que o secretário de estado da agricultura garante que vai acompanhar de perto. Luís Medeiros Vieira destaca o crescimento que o sector da apicultura tem vindo a evidenciar em Portugal “entre 2016 e 2017 o número de colmeias aumentou 23 por cento, o que significa que temos actualmente 760 mil colmeias em produção. Temos cerca de 11 mil e 300 produtores e a produção anual ronda as 14 mil toneladas de mel. São números que nos orgulhamos de apresentar e que mostram claramente que há dinâmica e interesse por esta actividade e ao mesmo tempo também mostra o seu maior profissionalismo. E essa é uma aposta que queremos continuar a trilhar”.   
Uma cerimónia onde o presidente da câmara de Castelo Branco sublinhou que aquele concelho está a acompanhar a tendência de crescimento dos números nacionais no sector apícola. Luís Correia destaca que em 2018 foi duplicada a produção de mel na central meleira daquele concelho e também aumentou de forma significativa o número de apicultores que ali fizeram a sua extracção.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados