RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
"QUADROS DA RELIGIOSIDADE POPULAR" EM PENAMACOR
Rádio Cova da Beira
Preservar, valorizar e proteger estas manifesta√ß√Ķes de religiosidade popular √© o principal prop√≥sito da exposi√ß√£o de cerca de duas dezenas de obras patentes na biblioteca municipal de Penamacor. Organizada por Francisco e Manuela Abreu e que conta com o contributo de outros participantes, a mostra est√° patente at√© ao dia 28 de Novembro de 2018.
Por Paulo Pinheiro em 05 de Nov de 2018

De acordo com Francisco Abreu, nas casas dos nossos antepassados “há elementos do património cultural e etnográfico do nosso povo que, muitas vezes, é desvalorizado”, sendo que esta é uma exposição de algumas dessas “manifestações de religiosidade popular”.

Um dos organizadores explica que é “tradicional ter em casa os quadros da Última Ceia, do Anjo da Guarda, do Sagrado Coração de Maria e de Cristo no Monte das Oliveiras”, por exemplo, e que nestas expressões da religiosidade católica portuguesa, por vezes, “não é a gravura que é relevante mas o facto de estar inserida em molduras extraordinariamente bonitas e artísticas” que, frequentemente, “eram produzidas por carpinteiros e artesãos muito hábeis”. Desta forma, o objectivo desta mostra é o de alertar que “esses quadros são património cultural e que é necessário chamar à atenção para os preservar, valorizar e proteger”. 


Francisco Abreu é natural de Penamacor, onde estudou e leccionou, antes de se tornar director regional do Instituto Português da Juventude de Castelo Branco. Depois disso, foi professor em Évora e, desde 1987, que é vereador Câmara Municipal ou membro da Assembleia Municipal de Penamacor.É fundador e ex-dirigente da Menagem - Associação Cultural e de Desenvolvimento de Penamacor.

Também Manuela Abreu é natural de Penamacor, foi funcionária da Caixa Geral de Depósitos e dirigente associativa da Menagem, estando, igualmente, por diversas vezes ligada às actividades culturais da biblioteca municipal do concelho.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados