RCB/TuneIn
Sexta, 16 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CHUCB: ÍNDICES DE SATISFAÇÃO DOS UTENTES SÃO ELEVADOS
Rádio Cova da Beira
O presidente do conselho de administração do centro hospitalar universitário da Cova da Beira garante que a taxa de satisfação dos utentes que são internados naquela unidade de saúde é superior a 90 por cento.
Por Nuno Miguel em 04 de Nov de 2018
Os dados foram tornados públicos por João Casteleiro à margem da sessão científica da décima segunda edição da semana do bebé que decorreu no final da última semana. É no serviço de urgência onde as taxas de satisfação são inferiores, mas ainda assim os números ultrapassam os 80 por cento “todos os doentes que são internados neste hospitalar recebem um inquérito de satisfação. È certo que a taxa de resposta não é de 100 por cento mas das respostas que recebemos, a taxa de satisfação é sempre superior a 95 por cento nas áreas de internamento. A área onde não chega aos 90 por cento, fica-se pelos 85 por cento, é a área mais problemática em qualquer hospital que é o serviço de urgência. Mesmo assim, com todos os tempos de espera que sabemos que existem, o grau de satisfação é muito elevado e isso significa que a população tem confiança em nós e no trabalho que aqui desenvolvemos”.     
De acordo com João Casteleiro “não foi por acaso que o nosso centro hospitalar passou a ser classificado como universitário. Foi porque cumprimos um determinado tipo de parâmetros. Não é só na área da assistência, é também na área do ensino, na área da investigação onde temos cerca de uma centena de projectos em curso este ano e realizámos mais de uma dezena de ensaios clínicos. Mas temos uma qualidade que nos é dada pela certificação pela «joint comission internacional» que é um reconhecimento que nós podemos trabalhar com os melhores padrões assistenciais e de ensino em qualquer parte do mundo e só há três hospitais em todo o país que tem este reconhecimento”.   
Uma iniciativa onde o presidente do conselho de administração do centro hospitalar universitário da Cova da Beira voltou a afirmar a importância para as populações de toda a região da concretização dos projectos de cardiologia de intervenção e da medicina nuclear. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados